A Apple está se preparando para lançar novas iniciativas de varejo, principalmente voltadas para usuários de iPhones que pretendem comprar versões mais recentes do smartphone. A empresa irá atualizar o programa de troca “trade-in”, para aceitar iPhones com telas, câmeras ou botões danificados. Outro programa criado irá autorizar todas Apple Stores a instalarem protetores de tela nos dispositivos.

O programa trade-in da Apple Store pretende reutilizar e reciclar os aparelhos da empresa. Os clientes com versões antigas do iPhone podem trocá-los por créditos. Esses créditos servem como desconto para comprar modelos mais recentes do smartphone da Gigante da Maçã. A iniciativa já existia, mas a Apple não aceitava dispositivos com telas ou botões quebrados; com a mudança, ela passa a aceitar os produtos nessas condições.

A partir desta semana, as lojas autorizadas da Apple poderão trocar os créditos por modelos  do iPhone 5s e unidades dos iPhones 6 e Plus. A empresa acredita que o novo programa irá incentivar usuários a comprarem iPhones novos ao invés de reparar os modelos danificados. Segundo o 9to5Mac, alguns rumores dizem que os valores de trade-in atuais para este programa são de: US$ 50 para um iPhone 5s, US$ 200 para um iPhone 6, e US$ 250 para um iPhone 6 Plus.

Fonte: http://adrenaline.uol.com.br/2016/02/05/40134/apple-passa-a-aceitar-iphones-danificados-como-cr-dito-de-troca-para-novos-modelosAs lojas oficiais da Apple também começarão a oferecer instalações oficiais de protetores de tela nos iPhones. A Gigante de Cupertino fez parceria com pelo menos uma fabricante de tela, a Belkin, para trazer máquinas de instalações de protetores de tela. Antes da iniciativa, as Apple Stores eram orientadas a não colocar protetores de terceiros.

O vídeo mostra uma das máquinas de protetor de tela da Belkin, que poderá ser semelhante ao que a Apple vai instalar em suas lojas.

 

Fonte:  adrenaline via: 9to5Mac

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Leia também

Telegram testa chamadas de voz em grupo

Em breve, o Telegram permitirá chamadas de voz em grupos. O recurso está em testes na vers…