O mapa Dragon Valley, que está prestes a ser liberado para Battlefield 4, foi escolhido entre muitos mapas clássicos da série para ser remasterizado.
Em uma publicação recente no site oficial da EA, o produtor David Sirland responde algumas perguntas sobre o desenvolvimento da nova versão do mapa Dragon Valley, agora para Battlefield 4.
Por que a equipe da DICE decidiu recriar o mapa Dragon Valley do Battlefield 2?
Queríamos um mapa verdadeiramente clássico, por isso tinha de ser do Battlefield 2 ou um título mais antigo. Queríamos um foco em veículos e que fosse um mapa grande, pois sabíamos que seria apenas para os consoles atuais e PC.
O que a comunidade de Battlefield 4 significa para os desenvolvedores da DICE?
Estamos continuamente trabalhando duro para ganhar o respeito e a confiança de nossa comunidade, fazendo o que nós, como jogadores apaixonados pelo Battlefield, sentimos ser o melhor para tornar o jogo cada vez melhor.
Nós colocamos a comunidade Battlefield no topo. Não estaríamos aqui sem as pessoas que jogam o nosso jogo e que são tão apaixonadas por ele!
Que tipo de pesquisa foi realizada para recriar o mapa Dragon Valley?
Nós como uma equipe, jogamos o mapa várias vezes internamente, para garantir que nos lembrássemos das coisas corretamente – e também permitir que os membros da equipe que não jogaram Battlefield 2 obtivessem um conhecimento do que era legal no mapa.
Nós, então, utilizamos um amplo conhecimento dos desenvolvedores em nossos estúdios de LA & Estocolmo para nos certificar de que batemos os pontos-chave e que fizemos o mapa como uma versão modernizada do original.
Quanto tempo demorou o processo do início ao fim? 
Foi um processo muito longo – como qualquer processo de criação de mapa pode ser. Desta vez, com o desafio adicional de ter um mapa original para recriar, demorou cerca de 3-4 meses.
Quais são algumas das melhorias que os jogadores irão notar em Dragon Valley 2015?
Se você jogou o original, a primeira coisa que você notará são os níveis de detalhe e visuais. Em segundo lugar, a camada de nuvem que separa o ar e terra – e, claro, o quão grande este mapa realmente é!
Há algum detalhe no mapa que os jogadores de jogos Battlefield anteriores reconhecerão?
Claro! Nós rapidamente percebemos que Battlefield 2 e Battlefield 4 são jogos muito diferentes, por isso tivemos de concentrar o nosso esforço em fazer o mapa passar a mesma sensação do original, e não ser apenas uma réplica 1:1.
Como a equipe de desenvolvedores pode garantir que Dragon Valley 2015 pareça-se autêntico?
Como sempre, iteração é fundamental. Jogamos muito o mapa internamente, e tivemos um grande divertimento no início do processo. As bandeiras extras adicionadas em comparação com outros layouts Conquest de grandes mapas do Battlefield 4 realmente tornam o jogo diferente, como um Battlefield 2 modernizado.
Este é o maior mapa de Battlefield em Battlefield 4. Quais foram alguns dos desafios na criação de um mapa tão grande?
Este é também o primeiro e único mapa de Battlefield a aparecer somente no PS4, Xbox One e PC, de modo que nos deu mais liberdade também. No final, a única coisa que foi mais desafiadora foi o desenvolvimento pelos nossos artistas e certificar-se de que o mapa estava jogável. Nós quase fomos longe demais em nossos esforços de superar os limites deste jogo.
Quais os principais detalhes em Dragon Valley 2015 que fez com que a equipe de desenvolvimento se sentisse mais animada?
Jogando Rush em Dragon Valley é um e pontes reparáveis ​​é outro. E o fato de que nós (espero) faremos os jogadores de Team Deathmatch do Battlefield 3 realmente felizes, com o layoutparecido com Noshahr Canals na área portuária!
Fonte:  battlefieldbr

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Verifique também

Bolsonaro vai à Índia na próxima semana e deve assinar mais de 10 acordos tecnológicos

Segundo o Itamaraty, convênios envolvem segurança cibernética, cooperação na área de bioen…