Depois do ataques terroristas da noite de sexta-feira que mataram pelo menos 127 pessoas e deixaram pelo menos 300 feridos, as autoridades estão tentando descobrir como o ataque foi planejado. E isso pode envolver o console mais popular do mundo, o PlayStation 4 da Sony.

A caça pelos responsáveis (oito terroristas foram mortos na madrugada de sábado, mas podem haver mais envolvidos) nos levou a uma série de incursões nas proximidades de Bruxelas. Evidência encontrada em pelo menos em um console PlayStation 4.

O Ministro de Assuntos Internos da Bélgica disse que o PlayStation 4 é usado pelos agentes doISIS para se comunicar, e foi escolhido pelo simples fato de ser mais difícil de serem monitorados:

“O PlayStation 4 é muito mais difícil de se monitorar do que uma plataforma como o WhatsApp.”

Quando os novos consoles foram lançados, haviam indícios de que eles não teriam tanta privacidade, com periféricos como o Kinect da Microsoft e a PlayStation Camera podendo ter a habilidade de espionar seus usuários, o governo queria uma janela para suas salas.

Apesar da idéia, é a comunicação com base não-periférica em consoles que pode servir como um canal para os terroristas conversarem efetivamente. O sistema comparativamente tem baixa tecnologia mas pode oferecer meios de comunicação mais seguros até mesmo do que chamadas e textos encriptografados ou emails.

Fonte:  gamevicio via  forbes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Verifique também

Sony revela belas novas imagens em alta definição do PS5

Novas imagens destacam o console e todos seus acessórios A Sony presenteou os fãs na tarde…