O Tidal é um streaming de música com reprodução em alta qualidade que foi comprado pelo rapper Jay-Z. O serviço chegou ao Brasil em setembro e aposta no áudio LossLess, tipo de compressão sem perdas de dados, e no conteúdo diferenciado. Enquanto isso, o Spotify, lançado no país em 2014, oferece opção grátis e paga e não sofre com a alta do dólar. Confira o comparativo entre os serviços de streaming e veja qual deles é o melhor.

Plataformas disponíveis: Spotify

Com relação aos sistemas operacionais móveis disponíveis, os dois serviços de streaming estão iguais. Ambos oferecem aplicativos para Android, iOS e Windows Phone. Porém, quando o quesito são os apps para desktop, o Spotify ganha a disputa, uma vez que está disponível não só para web, como o Tidal, mas também para os sistemas Windows, Mac e Linux.

Outro diferencial do Spotify é o webplayer. Com o app os usuários podem carregar a reprodução em qualquer navegador de Internet, enquanto o Tidal só roda no Chrome.

Spotify_01 (Foto: Melissa Cruz / TechTudo)
Spotify tem mais plataformas disponíveis que o Tidal

Preço: Spotify

Enquanto o Spotify oferece a opção gratuita ou paga, o Tidal só funciona com a assinatura de um dos planos. O Tidal Premium, que dá direito a ouvir as músicas de qualquer plataforma, inclusive offline, sai por R$ 14,90, e o Tidal Hi-Fi, além de poder baixar as músicas, oferece uma qualidade de áudio LossLess, sem compressão, semelhante ao CD ou vinil, por R$ 29,80. Vale lembrar que esses valores variam de acordo com o país e com a cotação do dólar.

Enquanto isso, o Spotify oferece ao usuário a opção gratuita e paga. A primeira tem propagandas e uso aleatório das faixas. A segunda custa R$14,90 e dá direito a testar o aplicativo por três meses sem pagar nada. Outro diferencial do app é o Plano Família, que permite que duas ou mais pessoas usem a mesma conta sem que as preferências musicais de um interfira nas do outro.

Qualidade do áudio: Tidal

A grande aposta do Tidal é na qualidade de áudio LossLess. Através da tecnologia FLAC (Free Lossless Audio Codec, que em tradução direta significa Codec Livre de Áudio Sem Perdas), a qualidade do som consegue ser mantida mesmo após a compressão do áudio. Ao utilizar o recurso nenhuma informação é removida dos dados, diferente de músicas em formato MP3, por exemplo. Dessa forma, a qualidade do som pode chegar a 1411 kbps, enquanto o Spotify fica restrito a 320 kbps.

Dez motivos para testar o Tidal, o rival turbinado do Spotify (Foto: Melissa Cosseti/TechTudo) (Foto: Dez motivos para testar o Tidal, o rival turbinado do Spotify (Foto: Melissa Cosseti/TechTudo))
Qualidade LossLess deixa o Tidal na frente

Interface: empate 

Quando o tema é a interface, não existe do que reclamar nas duas plataformas. Com um design bem semelhante, ambas oferecem ao usuário um formato limpo e muito intuitivo, independente do dispositivo onde o usuário está utilizando o streaming.

Outras funções: Spotify 

As redes sociais estão em grande parte dos novos aplicativos e programas, possuindo uma interação enorme entre as plataformas. No caso do Spotify, o serviço permite seguir seus amigos do Facebook. Já o Tidal deixa um pouco a desejar nesse aspecto. Ele permite que você se conecte às suas redes sociais, como Facebook e Twitter, mas nenhuma interação além disso.

O Tidal possui um recurso que lembra o famoso Shazam, aplicativo para descobrir qual música está tocando. Além disso, o streaming do Jay-Z tem a curadoria de músicos convidados com direito a entrevistas exclusivas com artistas famosos no Tidal X.

Para se destacar, o Spotify oferece um recurso de rádio e permite ainda seguir e conhecer as playlists dos seus amigos e saber o que eles estão ouvindo.

Spotify pode ganhar suporte para streaming via Chromecast ainda este mês (Foto: Lucas Mendes/TechTudo) (Foto: Spotify pode ganhar suporte para streaming via Chromecast ainda este mês (Foto: Lucas Mendes/TechTudo))
Um dos destaques do Spotify é a versão gratuita

Conclusão: Spotify

Como o mercado de streaming de músicas ainda é recente, os serviços possuem características e recursos muito parecidos. Além disso, a diferença no catálogo dos aplicativos também é mínima – os dois têm mais de 30 milhões de músicas.

O que vemos é que o Spotify consegue se destacar nas formas de integração com redes sociais e nos modos para compartilhamento de músicas. Além disso, o serviço oferece apps web e ainda leva a melhor por ter versão gratuita, o que faz bastante diferença para alguns usuários.

Spotify Android: http://play.google.com/store/apps/details?id=com.spotify.music&hl=pt_BR
Spotify IOS: http://itunes.apple.com/br/app/spotify-music/id324684580?mt=8

Tidal Android: http://itunes.apple.com/br/app/tidal/id913943275?mt=8
Tidal IOS: http://play.google.com/store/apps/details?id=com.aspiro.tidal&hl=pt_BR

http://itunes.apple.com/br/app/spotify-music/id324684580?mt=8

Fonte: techtudo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Verifique também

Novo iPhone pode ser lançado dia 13 de outubro, sugerem fontes.

A Apple pode estar próxima de lançar o novo iPhone 12 no dia 13 de outubro. A informação é…