O Superior Tribunal de Justiça condenou a Telefônica, dona da operadora de telefonia e internet Vivo, por realizar propaganda enganosa. Segundo a decisão, as peças publicitárias veiculadas pela empresa na TV escondiam informações valiosas do consumidor.

A ação, movida pelo Ministério Público do Rio de Janeiro, citava as tradicionais “letras miúdas” nos comerciais da Vivo – informações que surgiam rapidamente, sem tempo para o espectador ler, e com tamanho de letra quase ilegível – que informavam sobre possíveis falhas no serviço de internet 3G.

Segundo o Código de Defesa do Consumidor, esse tipo de informação precisa estar em destaque, em letras com tamanho de fácil visualização. Com a condenação, a Telefônica será obrigada a pagar indenização a qualquer cliente que se sentir lesado por falhas no serviço de internet móvel.

Fonte: olhardigital via O Globo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Verifique também

YouTube lança plataforma de vídeos curtos para competir com TikTok

Em fase de testes, YouTube Shorts está disponível somente para usuários de Android na Índi…