Um triste ocorrido de homofobia estampou as páginas jornalísticas de Pernambuco nesta sexta-feira (28), quando um casal percebeu que o técnico da GVT mudou o nome de sua rede WiFi para “viadão”.

Conforme noticiado pelo Diário de Pernambuco, os empresários Rodrigo Vilar e Giorgio da Silva solicitaram reparo no telefone da loja, na qual eles são sócios, mas o funcionário da companhia telefônica resolveu fazer esta brincadeira de mau gosto.

Rodrigo Vilar comentou que, assim que o técnico saiu, eles procuraram o nome da rede wireless, mas não encontraram. “Cheguei a brincar com uma cliente dizendo que a rede ‘viadão’ estava com o sinal muito bom. Foi quando tive um estalo. Pedi pra uma funcionária tentar entrar com nossa senha e pra nossa surpresa, deu certo”, relatou Vilar. Confira o print:

Imagem

Constrangidos com a situação e com o comportamento inesperado, o casal denunciou o técnico na Anatel e pretende registrar um boletim de ocorrência. O site pernambucano ainda acrescenta que Rodrigo e Giorgio pretendem levar a história até o fim, pois carregam a bandeira do fim da homofobia e não querem ver a situação se repetindo.

Curioso é que a própria GTV oferece um canal para o público Gay chamado ManToMan.
Em nota oficial, a Telefônica Vivo, responsável pela GVT, fez o seguinte pronunciamento:

A Telefônica Vivo repudia totalmente a atitude descrita pelo cliente e informa que irá apurar o caso com rigor. Se constatada a conduta incorreta, totalmente conflitante com a orientação da companhia, tomará medidas administrativas rigorosas e reforçará ações de orientação para evitar que situações desse tipo voltem a ocorrer.

Fonte:  tribogamer via  bafonique

Um comentário

  1. Telmo Kiguel

    21 de setembro de 2015 em 21:52

    Estas questões poderão ser melhor enfrentadas quando houver prevenção da homofobia como vemos em:
    http://saudepublicada.sul21.com.br/2015/09/14/homofobia-na-alemanha-querem-prevenir-no-brasil-quem-nao-quer/

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Verifique também

TikTok coletou dados do usuário usando uma tática banida pelo Google

The logo of Chinese video app TikTok is seen on the side of the company’s new office…