Josh Greenberg, de 28 anos e um dos fundadores do site Grooveshark, foi encontrado morto em sua casa no último domingo (19). A informação foi confirmada e divulgada pela polícia de Ganesville, na Flórida, nesta segunda-feira, 20. Greenberg morava no lugar com sua namorada, que afirma ter passado o final de semana fora de casa e, quando retornou, encontrou o rapaz morto em sua cama. As informações são do jornal The Gainesville Sun.

Josh-Greenberg

A polícia diz não ter encontrado sinais de violência ou suicídio. Uma autópsia foi realizada na manhã desta segunda, embora os resultados ainda não tenham sido divulgados.

O Grooveshark foi um dos serviços de música mais populares da internet e foi desativado em abril deste ano após uma ação judicial envolvendo direitos autorais. A família dele, no entanto, não acredita que o rapaz tenha ficado seriamente deprimido após o fim do projeto, não a ponto dele ter se suicidado por este motivo.

grooveshark-unlocker-04-700x451

A mãe de Greenberg diz que ele estava empolgado com novos projetos e que não se mostrava deprimido ou abatido com o fim do Grooveshark.

O processo por violação de direitos autorais em cima da Grooveshark poderia condenar a empresa a pagar até 736 milhões de dólares. A empresa diz que o serviço chegou a ter mais de 20 milhões de usuários, que compartilhavam entre si cerca de 15 milhões de músicas.

Falhamos em obter licenças de quem é dono dos direitos de grande parte da música no serviço. Isso foi errado. Nós nos desculpamos“, disseram os criadores do serviço com o encerramento das atividades.

Fonte:  tudocelular.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Verifique também

Novo iPhone pode ser lançado dia 13 de outubro, sugerem fontes.

A Apple pode estar próxima de lançar o novo iPhone 12 no dia 13 de outubro. A informação é…