Pornhub-atores

Existem vídeos de pessoas transando enquanto pulam de paraquedas. Existem vídeos de pessoas transando enquanto praticam mergulho (eu acho). E agora, Pornhub e Indiegogo juntam forças para nos proporcionar o primeiro pornô com astronautas fazendo amor em gravidade zero.

A ideia do Pornhub é enviar dois atores e uma equipe para o espaço em uma nave espacial para gravar o filme. A previsão é que as gravações ocorram no fim de 2016.

Para fazer isso acontecer, o Pornhub pede US$ 3,4 milhões em uma campanha de financiamento conjunto no Indiegogo. A maior parte do dinheiro é destinada para alugar alguma espaçonave particular, produzir trajes espaciais à prova de manchas, e adaptar as câmeras e luzes para que elas funcionem de forma ideal durante a gravação no espaço.

http://vimeo.com/130377725

Mas eles não estão apenas pedindo doações. Em troca do seu dinheiro eles lhe darão prêmios! São eles:

  • Um Certificado de Apoio para você pendurar na parede do seu quarto (US$ 1)
  • Uma sacola com brindes do Pornhub, incluindo uma camiseta do programa espacial do site (US$ 100)
  • Um convite para a festa de lançamento do vídeo (US$ 10.000)
  • Um traje espacial e a roupa de baixo de um dos astronautas, usada apenas uma vez (US$ 150.000)

A campanha do Pornhub usa a opção de financiamento fixo do Indiegogo: ou seja, o site só receberá o dinheiro se a campanha atingir os US$ 3,4 milhões que pede; caso contrário, todas as doações retornaram aos respectivos investidores. Então a campanha é basicamente uma jogada de marketing, mas pelo menos é uma jogada honesta.

E, claro, caso você não queira ajudar no financiamento da campanha, o Pornhub gostaria de lembrar você que, ao assistir os vídeos do site, você está contribuindo indiretamente para o projeto. Mais uma desculpa para dar uma passadinha por lá!

Fonte: gizmodo via Indiegogo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Verifique também

China vai banir serviços online ‘viciantes’ para crianças

Lei entra em vigor em junho de 2021, e determina que provedores de serviços digitais estab…