steam_chamada

A Steam passou a permitir que os desenvolvedores de jogos tenham autoridade para decidir quando jogadores devem ser banidos em determinados games. A empresa, baseada em seus critérios de jogabilidade, notifica a Valve sobre o comportamento inadequado do player, que cumpre o requisito. A decisão só é válida para títulos multiplayer e tem o objetivo de cortar a presença de cheaters nesta modalidade de partida.

Segundo o pronunciamento da Valve, o banimento pode afetar tanto a troca de itens quanto a possibilidade de jogar partidas multiplayer, e sua duração é definida exclusivamente pelos desenvolvedores. Em caso de banimento permanente (permaban), os usuários recebem uma tag com o termo em seu perfil. Suspensões e medidas temporárias não são exibidas nas demais contas.

A decisão, no entanto, não afeta a propriedade dos usuários sobre seus jogos. As restrições estão apenas sobre a jogabilidade do game, que continua na conta do usuário e não pode ser retirado de lá pelos desenvolvedores. Para aplicar o banimento, os desenvolvedores devem ser aprovados pela Valve, e caso ocorra abuso de poder no uso desse sistema, a plataforma online se reserva ao direito de revogar a decisão.

Para argumentar contra seus banimentos, inicialmente os jogadores devem contatar os criadores dos jogos, pois eles são os donos da informação que descreve o motivo da suspensão. Caso o usuário sinta que está sendo injustiçado, deve contatar o suporte da Steam. Se a Valve determinar que os desenvolvedores estão abusando de sua autoridade, ela poderá remover o direito da empresa de aplicar restrições aos jogadores.

Fonte: adrenaline

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Leia também

Gameplay do Battlefield 2042 será apresentado na conferência da E3 2021

Esta semana (9) tivemos a revelação mundial do Battlefield 2042 com o primeiro trailer e m…