O próximo top de linha da Microsoft ainda não veio, mas dois novos intermediários, o Lumia 640 e o Lumia 640 XL, chegaram para preencher a lacuna de lançamentos. Os aparelhos foram apresentados hoje (2) durante o no MWC 2015, evento que acontece nesta semana em Barcelona, Espanha, e nós tivemos a chance de conferir de perto as novidades.

O Lumia 640 e o 640 XL são bem parecidos por fora. Eles são, aliás, bem parecidos com boa parte dos outros Lumias, com o design que é marca registrada linha. Corpo em plástico, estilo “quadradão”, parte frontal em preto e botões físicos na lateral. Mesmo sem o logo da Microsoft, que vem na frente e atrás, é possível identificar os novatos entre os parentes mais próximos com extrema facilidade.

Lumia 640  (Foto: Isadora Díaz/ TechTudo)
Lumia 640 XL causa insegurança ao ser manuseado com uma única mão

Bem, não há nada de muito novo no visual dos aparelhos. O menor deles, o 640, é naturalmente o mais confortável de usar com uma mão, graças à tela mais modesta de 5 polegadas. O irmão maior, o XL, se encaixa na categoria de foblets com seu display de 6 polegadas, o mesmo visto no concorrente Zenfone 6. O grandalhão, aliás, nos causou o mesmo incômodo que outros Lumias maiores. Ele não é dos mais ergonômicos e causa insegurança usá-lo com uma única mão, mesmo para tarefas mais simples.

Lumia 640 e 640 XL (Foto: Isadora Díaz/ TechTudo)
Telas dos Lumia 640 e 640 XL têm pixels pouco evidentes e brilho bastante razoável
Com relação ao display, o brilho e a cor se mostraram bastante razoáveis nos testes, e os pixels ficaram pouco evidentes, especialmente no 640. Além disso, a resolução HD das telas é perfeitamente justa para faixa de preço: a partir de € 160 para o 640 e € 190 para o XL, o que provavelmente deve deixá-los mais ou menos no valor do novo Moto G quando chegarem ao Brasil. Os preços, em conversão direta para o real na cotação atual, ficam na faixa de R$ 518 e R$ 614, respectivamente.

Os Lumias chegam com Windows Phone 8.1, uma certa decepção para quem esperava que o MWC trouxesse novidades sobre Windows 10 para celulares. O sistema roda muito bem através do conjunto de processador quad-core de 1,2 GHz, 1 GB de RAM e 8 GB de armazenamento interno. A diferença maior fica por conta da câmera, que é de 8 megapixels no menor e 13 megapixels no maior – aliás, sentimos falta do já clássico botão dedicado neles.

Lumia 640  (Foto: Isadora Díaz/ TechTudo)
Câmera traseira do Lumia 640

O Lumia 640 e o Lumia 640 XL são bons smartphones, ao menos em um teste inicial; o problema é que eles dão a sensação de “mais do mesmo”. Não há nada que os destaque do restante dos Lumias, nem design, nem especificações, nem câmera. Trata-se de uma tímida evolução natural dos intermediários da linha, que só deve encarar uma real ruptura no momento em que os primeiros celulares com Windows 10 começarem a sair do forno.

Fonte:  techtudo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Verifique também

Razer lança cadeira gamer que promete melhorar sua postura

A nova cadeira gamer da Razer oferece suporte customizável para a lombar e não traz luzes …