Se você usa o Safari no seu Mac para acessar pornografia, provavelmente essa não é uma boa notícia. O site MacIssues percebeu que a lista de sites visitados está facilmente acessível.

Um leitor do site escreveu: “Eu estava resolvendo alguns problemas com o Safari e abri o ‘~/Library/Safari/WebpageIcons.db’, e, nesse arquivo, fiquei surpreso ao encontrar todas as URLs de sites (armazenada em texto simples) que eu e outros usando meu Mac visitamos em “janelas privadas” no Safari. As URLs parecem ficar lá basicamente para sempre, a menos que você limpe todos os seus dados de navegação (o que anula todo o propósito de usar uma “janela privada”.

Veja abaixo a imagem que mostra o arquivo e as URLs dos sites visitados:

Safari

Segundo o MacIssues, este ‘Webpageicons’ é a base de dados local em que o Safari arquiva a pequena imagem associada ao ícone de favorito dos endereços visitados. Esta imagem pode ser carregada a partir do servidor web cada vez que você acessá-lo, e o Safari guardará isso em cache em um pequeno banco de dados para que ele possa ser usado em recursos como o seu histórico de navegação e favoritos, entre outros.

O problema, aparentemente, é que o Safari armazena essas informações dos ícones de favoritos mesmo quando as pessoas acessam os sites em janelas privadas. O documento, no entanto, só pode ser aberto e executado em navegadores SQLite. Por enquanto, para se livrar do problema, basta deletar o arquivo.

A descoberta pode ser considerado uma brecha de privacidade – já que rastros das páginas que você visitou no modo privado estarão nesta base de dados, mas não de segurança. Portanto, não há muito a temer.

Fonte:  info.abril

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Verifique também

TV 8K da Sony ‘ideal para PS5’ chega ao Brasil com 75″ e preço de carro

Modelo já está disponível para comprar no site oficial da marca A Sony começa a vender a n…