A Polícia Civil de São Paulo anunciou na semana passada que vai passar a pedir o bloqueio imediato de celulares roubados para operadoras. De acordo com o Estadão, a ideia é tentar frear os roubos no estado.

Agora, quando a vítima for registrar um boletim de ocorrência de furto ou roubo de celular, ela deverá preencher um formulário extra, com informações como número e IMEI. Os dados serão repassados à operadora, que por sua vez, fará o bloqueio na sequência.

Atualmente, já é possível fazer o bloqueio de um aparelho com o número de IMEI (código de identificação de cada dispositivo) e de boletim de ocorrência. No entanto, o procedimento é opcional e pode levar alguns dias para ser realizado.

Para saber o número do IMEI, o usuário pode procurar pelos 15 algarismos na embalagem original do produto ou ainda, digitar *#06# na discagem do celular. Ao bloquear o IMEI, o aparelho é impedido de fazer ligações, porém, o acesso a informações pessoais como arquivos e fotos ainda ficam disponíveis se o usuário não fizer o bloqueio remoto na conta da Google Play, iCloud ou Windows Phone.

Uma reunião com integrantes da secretaria de Segurança Pública e as operadoras está marcada para a próxima sexta-feira, 6, para discutir os detalhes da medida. A mudança deve entrar em vigor em breve.

Fonte:  olhardigital

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Verifique também

Novo iPhone pode ser lançado dia 13 de outubro, sugerem fontes.

A Apple pode estar próxima de lançar o novo iPhone 12 no dia 13 de outubro. A informação é…