Christopher Poole fundou fórum online anônimo quando tinha só 15 anos. ‘Eu espero ver o que a próxima década reserva para o site’, disse.

O fundador da comunidade online anônima 4chan anunciou nesta quarta-feira (21) ter deixado a função de administrador do site depois de onze anos e meio.
“Eu fundei o 4chan há onze anos e meio quando eu tinha 15 anos e, depois de mais de uma década de serviço, eu decidi que é hora de eu seguir em frente”, escreveu Christopher Poole, mais conhecido como Moot, em uma postagem para anunciar seu afastamento. “Eu estou me aposentando como administrador do 4chan.”
Durante o tempo em que Moot esteve à frente do 4chan, o site recebeu 1,7 bilhão de posts, registrou mais de 1 bilhão de visitantes e possuía mais de 620 mil páginas vistas por mês. “Eu preciso de um tempo longe para descomprimir e refletir, mas eu espero um dia retornar ao 4chan como seu Administrador Emeritus ou apenas como outro Anonymous”.
“A jornada foi marcada por altos e baixos, surpresas e desapontamento, mas de imensa satisfação”, afirmou Moot, que agradeceu por “ter o privilégio de tanto ter fundado quanto presidido o que é facilmente uma das maiores comunidades da web”. “Foi verdadeiramente uma honra servir como administrador fundador do 4chan, e eu espero ver o que a próxima década reserva para o site.”

ChristopherPoole-moot-4chanz‘Não sou influente’
Durante seu tempo administrando o 4chan, Moot evitava se posicionar acima do site. “Eu não sou influente, o 4chan é”, afirmou ao G1 Poole, em 2011, quando veio ao Brasil para participar do festival de cultura digital YouPix. Em 2008, ele foi a pessoa mais importante do ano pela revista “Time”. A votação popular foi claramente inundada de votos dos participantes do 4chan.
O jovem se manteve no anonimato por anos, mesmo quando o site já despontava em jornais e na TV como o ponto de encontro dos ativistas hackers do grupo “Anonymous”. Poole, porém, não acreditava ser o responsável pelo surgimento do movimento que enfrentou governos e empresas na internet nos últimos anos. “As origens do ‘Anonymous’ podem ser traçadas até o 4chan, mas eu não me vejo como diretamente responsável por isso.”
As pessoas merecem ter o direito ao anonimato, caso elas escolham permanecer assim. Claro, deve existir um meio termo entre a impossibilidade de se identitificar o autor de uma ofensa, por exemplo, e a identificação constante e precisa, como no Facebook. Gostaria que as pessoas tentassem entender que é possível viver nesse caminho do meio, em vez de defender um extremo.”

Fonte:  g1.globo.com/tecnologia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Verifique também

Novo iPhone pode ser lançado dia 13 de outubro, sugerem fontes.

A Apple pode estar próxima de lançar o novo iPhone 12 no dia 13 de outubro. A informação é…