Na semana passada, a Sony Pictures sofreu um ataque massivo e ficou sem acesso a seus e-mails, rede interna, internet e computadores. O ataque foi assumido pelo grupo hacker GOP.

Após a ocasião, cinco filmes da Sony vazaram, sendo três inéditos. Agora, o vazamento parece ter ficado maior. Segundo o Buzzfeed, senhas internas da empresa vazaram em um arquivo com o nome de “Password” (“senha”, em inglês).

O arquivo contem 139 documentos que incluem textos no Word, planilhas no Excel, arquivos zip, PDF’s, senhas de contas nas redes sociais e senhas de serviços na internet, como até mesmo a Amazon. O site afirma ainda que maioria das senhas está em formato .xls e .xlsx e não era tão forte.

Reprodução

Coreia do Norte x Sony 

A Coreia do Norte chegou a ser acusada de estar envolvida no caso por conta de um suposto filme que contaria não só a história do país, mas “assassinaria” Kim Jong-Un. Contudo, o governo negou envolvimento no ataque.

Por meio de um diplomata com o nome não divulgado, a Coreia disse que trata-se de “outra fabricação mirando o país”. “Meu país declarou publicamente que ele iria seguir normas internacionais banindo a atividade hacker e pirataria”, completou o porta-voz.

Com Gizmodo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Verifique também

Novo iPhone pode ser lançado dia 13 de outubro, sugerem fontes.

A Apple pode estar próxima de lançar o novo iPhone 12 no dia 13 de outubro. A informação é…