Sul-coreana cortará número de novidades entre 25% e 33%. Estratégia foca conter redução do lucro, em vista à alta competição chinesa.

Líder mundial em smartphones, a Samsung reduzirá consideravelmente sua oferta de aparelhos para se concentrar em modelos mais baratos nos países emergentes para se livrar da crescente competição dos chineses.

A mudança de estratégia, esperada por vários analistas, foi confirmada nesta terça-feira (18) por um porta-voz da empresa e apresentada em Nova York pelo porta-voz da empresa, Robert Yi. Segundo ele, após registrar queda no lucro de 50% no terceiro trimestre, a Samsung quer reduzir entre 25% a 33% o número de smartphones lançados no mercado em 2015. A sul-coreana, porém, não informou o número exato de modelos que representará a redução.

samsung-alpha-g1

Em paralelo a isso, o grupo aumentará a produção de seus smartphones mais baratos para competir com modelos chineses da Huawei, Lenovo e Xiaomi. “Já não era sem tempo que reduzissem seus custos, algo indispensável para estabilizar suas margens de lucros”, comentou Robert Cihra, analista da Evercore ISI, citado pelo “Wall Street Journal”.

De fato, a divisão de telefonia móvel da Samsung registrou um lucro operacional de 1,75 trilhão (US$ 1,5 bilhão) de wons entre julho e setembro, frente os 6,7 trilhões (US$ 6 bilhões) do ano anterior, ou seja, uma queda de 74%.

A Samsung continua sendo a líder mundial, mas sua cota de mercado passou de 35% em 2013 a pouco menos de 23% nos dias de hoje, à frente da Apple (12%), enquanto as marcas chinesas não param de ganhar terreno.

Fonte: g1.globo.com/tecnologia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Leia também

Banco Central autoriza transferências bancárias pelo WhatsApp

Permissões possibilitam que aplicativo de mensagens seja usado para envio de recursos entr…