A Samsung mal lançou o Galaxy S5 e o Note 4 e, como de costume, já surgiram rumores sobre o novo smartphone top de linha da sul-coreana.

Chamado popularmente como Galaxy S6 ou também como “Project Zero” ou “Project L” (supostos codinomes internos), o aparelho já teve algumas das especificações vazadas. Vale lembrar, no entanto, que todas elas são rumores.

Design e display

De acordo com o PhoneArena, o design deve sofrer uma mudança drástica em relação aos modelos anteriores e a carcaça passará a ser de metal, assim como o seu grande rival iPhone e seu irmão mais nova, o Galaxy Alpha.

No que diz respeito ao display, o novo smartphone deve receber uma tela de 5,5 polegadas Quad HD com uma calibração bem melhor. Além disso, os rumores afirmam que o display terá tecnologia AMOLED.

Já a TouchWiz, interface usada na linha S da Samsung, é um mistério na opinião do site. Para o PhoneArena, a sul-coreana deve investir em simplicidade para consequentemente, obter respostas mais rápidas, algo que é reclamado pelos usuários desde a primeira geração da TouchWiz.

Hardware

Sobre o hardware, o Galaxy S6 pode ser o primeiro aparelho da Samsung com chip de 64-bit em duas versões diferentes de processadores. Nos Estados Unidos, o PhoneArena afirma que o smartphone será equipado com um processador Qualcomm Snapdragon 810, enquanto os mercados ocidentais devem receber uma versão com o Samsung Exynos 7420.

A câmera deve ter o mesmo desempenho que o Galaxy Note 4, no entanto, a dúvida que ainda rodeia as publicações especializadas é se ele terá um sensor de 16 megapixels como o phablet ou terá upgrade de 20 megapixels. Já a câmera frontal deve receber um salto significativo e ir para 5 megapixels.

Sobre o armazenamento interno, a versão básica deve ir de 16GB para 32GB, com modelos de 64GB e 128GB, sendo que todas terão opção de expansão via cartão microSD.

Preço e data

O PhoneArena acredita que o anúncio do novo Galaxy deve acontecer como sempre, durante a MWC (Mobile Word Congress) e o seu lançamento oficial, em abril de 2015.

Já os preços podem começar em US$ 199 com dois anos de contrato em operadoras e US$ 649 em uma versão desbloqueada.

Fonte: olhardigital

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Leia também

Rede de fibra óptica submarina que liga o Brasil a Europa começa a operar em julho

Obra custou R$ 1 bilhão, tem 6,2 mil quilômetros e permite reduzir em até 50% o tempo de r…