Kim Dotcom está falido. Em declaração feita durante uma conferência em Londres, o criador do Megaupload e do Mega afirmou já ter gastado US$ 10 milhões em sua defesa desde que foi preso na Nova Zelândia, em 2012, e que o dinheiro acabou.

Na próxima quinta-feira, ele pretende representar a si mesmo em uma audiência sobre fiança, porque o escritório de advogados que o atendia nos Estados Unidos desistiu do caso sem qualquer explicação.

Dotcom acredita que as autoridades norte-americanas estão tentando vencê-lo drenando seu dinheiro através de ações judiciais. “Eles usaram essa oportunidade para tentar conseguir revogar minha fiança e é isso que estou enfrentando.”

Segundo a BBC, porém, ainda há um time de advogados atendendo a causa de Dotcom. Ira Rothken deu entrevista após as declarações do cliente na qual lembrou que ele possui contas bloqueadas por todo o mundo. “Estamos esperançosos de que os tribunais pelo globo, incluindo em Hong Kong e Nova Zelândia, farão a coisa certa e liberarão fundos.”

Fonte: olhardigital

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Verifique também

App do SUS envia notificação para quem teve contato com infectados por Covid-19

Aplicativo Coronavírus – SUS, do Ministério da Saúde O Ministério da Saúde anunciou …