Antes de iniciarmos, vamos esclarecer que esse artigo não visa mostrar o porque um produto é mais barato nos Estados Unidos quando comparado ao que é cobrado no Brasil. Esse artigo mostra porque nos EUA uma placa de vídeo de alto desempenho da AMD tem preço bem mais atrativo, tornando seus produtos de alto desempenho ótimas opções frente as novas placas da Nvidia da série GeForce 900, coisa que não acontece no Brasil, especialmente quando se trata da linha R9 290/290X, que se tornou muito cara pelo que entrega frente a modelos concorrentes, especialmente da GTX 970.


Todos que viajam para os Estados Unidos aproveitam a oportunidade para fazer compras e, entre os produtos com as maiores diferenças de preço (comparado com o que é cobrado por aqui) estão dispositivos de tecnologia e, consequentemente, equipamentos de informática, como placas de vídeo.

Em nossas análises de hardwares, sempre entramos em um dilema: utilizar preços dos Estados Unidos ou preços do Brasil? Como em muitos casos recebemos produtos em primeira mão, muitas vezes antes mesmo deles estarem à venda no Brasil, optamos por utilizar o preço cobrado “nas terras do Tio Sam”. Quando já se passou certo tempo do lançamento, e tanto o produto analisado quanto os modelos concorrentes já se encontram à venda por aqui, utilizamos preços em Reais, porém o fato é que assim entramos em outros dilemas, atualmente em um ainda maior devido o atual cenário AMD vs Nvidia.

Na atual situação, onde poucas horas após a Nvidia lançar a nova linha de placas GeForce 900, composta pela GTX 980 (U$549) e pela GTX 970 (U$329), a AMD praticamente foi obrigada a “cortar” o preço de várias de suas placas de alto desempenho. Na primeira semana os cortes foram por parte dos próprios fabricantes, já que devido a nova politica de preços das placas da Nvidia, com o ótimo desempenho e novidades que elas trouxeram, se os modelos da AMD não reajustassem os preços acabariam encalhadas pela baixa competitividade. Com o passar dos dias a AMD deve ter “colaborado” com seus parceiros e tivemos mais cortes. A Radeon R9 290X, placa topo de linha da empresa com um único GPU e que custava mais de U$500 há cerca de um mês, já está custando U$330 dólares, mesmo valor de uma GeForce GTX 970, assim novamente colocando a AMD na briga quando o assunto é custo vs. desempenho.

O porém é que a AMD voltou para a briga em cenário internacional, onde suas placas já sofreram corte de preço, mas moramos no Brasil, onde além dos produtos entrarem em estoque um bom tempo depois de seu lançamento internacional, também sofrem esse tipo de atualização de preço bem depois, em muitos casos após o estoque com o preço anterior acabar o que pode demorar semanas, meses…

Para mostrar essa diferença de custo vs. desempenho entre Brasil e EUA, fizemos duas tabelas com algumas das principais placas de vídeo do mercado, uma utilizando o preço em R$ cobrado no Brasil, e outra usando o preço em US$ cobrado nos EUA.

Considerações
– O preço em R$ se deu através de uma pesquisa no dia 13/11/2014 no site Kabum.com.br.
– O preço em US$ se deu através de uma pesquisa no dia 13/11/2014 no site Newegg.com.
– Para os preços de modelos referência, utilizamos o preço mais baixo encontrado de uma placa com o GPU em questão.
– Caso não encontrado o modelo exato, foi utilizado o preço de um modelo concorrente com mesmas características e preço semelhantes cobrados nos EUA.

PREÇOS
Abaixo a tabela mostra o preço das placas comparadas. Tanto em cenário nacional como internacional, não “corremos” atrás dos preços mais baixos na internet, sendo que iria ocorrer mudanças com o termino da promoção do respectivo produto. A pesquisa de preço ocorreu no dia 13/11/2014 no site Kabum.com.br (Brasil) e Newegg.com (EUA).

BRASIL: Custo vs. Desempenho

Começamos pela tabela com preços em R$, onde as placas com o recém lançado GPU GTX 970 se mostram a melhor opção atualmente quando o assunto é um modelo de alto desempenho. Com valores na casa de R$1.400, a placa é o melhor investimento para quem pretende montar um computador gamer de alta performance. Devido ao corte de preço e o desempenho da GTX 770, ela segue como uma das melhores opções atualmente, tendo em sua cola a Radeon R9 280X, placa com melhor custo vs. desempenho por parte da AMD na categoria de chips mais potentes.

O curioso é que modelos com gpu GTX 980 superam modelos com GPU Radeon R9 290X, que estão no mercado há meses e mesmo assim perdem quando se trata de custo vs. desempenho, comparado a modelos que acabaram de chegar ao mercado. O R9 290X, especificamente, assim que receber o corte de preço sofrido em cenário internacional deve subir bastante na tabela. Como base, se uma Radeon R9 290X passasse a custar cerca de R$1.500, próprio ao valor cobrado por uma GTX 970 aqui, faria a placa subir para o meio da tabela.

Relação custo x desempenho

ESTADOS UNIDOS: Custo vs. Desempenho

Quando se trata do valor cobrado nos EUA temos algumas diferenças nas posições das placas. As GTX 970 continuam soberanas, sendo as melhores opções de alto desempenho quando se trata de placa com um único GPU, mas lá fora a GTX 780 tem preço mais atrativo do que o cobrado por aqui e é uma opção mais interessante que a GTX 770.

Agora as placas que sofreram maior mudança são as com chip Radeon R9 290X, saltando para o meio da tabela. Como destacamos, pegamos o modelo exato utilizado nos testes, mas já é possível encontrar modelos tão bom quanto as que utilizamos por U$330, um exemplo é a Asus Radeon R9 290X DirectCU II que pode ser encontrada por esse valor, tornando a relação custo vs. desempenho ainda melhor, ficando atrás apenas das GTX 970, um salto e tanto graças ao grande corte de preço desse modelo.

Relação custo x desempenhod

Fonte:  adrenaline

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Verifique também

Feliz aniversário NAGEL

Brother, desejamos tudo de bom pra uma pessoa querida como você! Muita saúde, paz, família…