O Whatsapp, que pertence ao gigante das redes sociais Facebook, perdeu cerca de US$230 milhões (R$ 566 milhões) e teve uma renda de US$15 milhões no primeiro semestre desse ano. Mesmo com um crescimento exponencial em países como  Brasil, México, Índia e Rússia, o baixo valor já era esperado, uma vez que o aplicativo não utiliza anúncios para ganhar dinheiro. O Whatsapp foi comprado por Zuckerberg por míseros US$19 bilhões  (cerca de R$45 bilhões).

O co-fundador e CEO do serviço de mensagem Jan Koum disse em entrevista que a empresa não está mais se preocupando com ganhos desde que foi adquirida pelo Facebook. O aplicativo de mensagens, que é bastante popular no Brasil, tem como única fonte de renda uma taxa anual de US$ 0,99 (  R$2,50). O CEO disse que não pretende adicionar anúncios no aplicativo tão cedo, já que agora tem suporte da empresa de Mark Zuckerberg.

O principal objetivo dos desenvolvedores do Whatsapp é fazer o aplicativo crescer e ter um número significativo de usuários. “Ao longo dos próximos anos, nosso foco será o crescimento. Em algum momento nós vamos chegar a um bilhão, dois bilhões de usuários. Receita é algo que … vai acontecer daqui a cinco anos, talvez mais tarde. ” – comentou Koum.

Fonte: adrenaline via: The Wall Street Journal 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Verifique também

Feliz aniversário S0ST1N3S

Hoje é um dia muito especial, para você e para todos nós também, pois apenas desejamos o s…