A Asus entrou com tudo no mercado brasileiro, com tanta vontade que chegou a incomodar um modelo que reinava soberano no segmento intermediário: o Motorola Moto G. Ambos estão com preço na casa dos R$ 600/700 e trazem uma experiência excelente com o sistema Android. Afinal qual é melhor? Vamos para o confronto direto!

 

Autonomia

Começamos mal na disputa, porque aqui temos um critério em que nenhum dos dois aparelhos é impressionante. Em nossos testes, ambos seguram em torno de um dia e meio, chegando a no máximo dois se você maneirar. Mandando ver no uso, os dois descarregam em um dia (ou até menos!). Empate!

Design

Ambos trazem ótimo acabamento, mas o Zenfone tem os encaixes e botões mais precisos. Um elemento, porém, coloca o Moto G na vantagem: os dois possuem bordas largas em torno da tela, problema comum dos aparelhos econômicos, porém o Zenfone é ainda mais largo, especialmente no topo e na base. Como resultado, o Moto G consegue ser mais portátil, com o mesmo tamanho de tela. Ponto para a Motorola.

Tela

Resolução HD, tecnologia LCD IPS, ótimas cores, contrastes e ângulos de visão. Esta é a descrição da tela tanto do Moto G quanto do Zenfone 5, as referências de qualidade nos displays dos aparelhos intermediários. Novo empate!

Câmera

Vamos chegar em um campo nebuloso. Ambos os aparelhos estão trazendo boas câmeras, considerando o segmento que estão inseridos, mas possuem características diferentes. O Moto G entrega composições melhores em termos gerais, com cores mais vivas e um balanço de branco melhor, em diversas cenas. Em compensação, o Zenfone 5 captura mais detalhes das cenas, enquanto que, aparentemente, o Moto G “borra” um pouco a imagem para reduzir a granulação. O Zenfone 5 chega com um software mais completo – nada te impede de baixar outro app no Moto G – e consegue fazer pequenos milagres com o PixelMaster, tecnologia que combina quatro pixels para aumentar a clareza da cena.

   
Moto G vs Zenfone 5 (boa iluminação)

  
Moto G vs Zenfone 5 (pouca iluminação)

No comparativo acima vocês podem tirar suas próprias conclusões. Como não pretendo me omitir só porque a briga tá feia, meu ponto vai para o Zenfone 5, mas aberto para contestações.

Softwares

As fabricantes vem trazendo seus apps para tentar diferenciar seus modelos, e aqui temos duas filosofias bem diferentes. A Motorola mexeu muito pouco no Android, entregando uma experiência mais “pura” e adicionando apps bem pontuais, como o Motorola Assist e o Migração. Enquanto isto, o Zenfone mexeu pesado na interface e no funcionamento do sistema, com a ZenUI. Além de mudar o design, a empresa inseriu aplicativos úteis, como o app de economia de energia, o “Modo Econômico”, outro para controlar o celular do computador, o Pc Link, e outros que facilitam o compartilhamento de conteúdos entre dispositivos, como o Party Link e o Share Link.

A interface da ZenUI trouxe modificações interessantes, e os apps podem ser úteis, então fica por sua conta decidir se quer o Android “imaculado” ou entrar na onda da Asus e sua nova abordagem para o sistema da Google.

Performance

Chegamos à parte mais fácil do comparativo. Ambos os aparelhos trazem uma experiência fluida com o sistema, o que os coloca em pé de igualdade neste aspecto. Felizmente, benchmarks falam por si só. Lembrando um detalhe importante: analisamos a versão do Zenfone com clock de 1.6GHz, logo não sabemos o desempenho do chip operando em 1.2GHz.

Moto G 2ª Geração-vs-Zenfone5

Preço

Agora chegamos na surpresa da semana. Apesar da Asus já ter feito um certo alarde sobre sua chegada ao mercado brasileiro, a empresa pegou todo mundo de surpresa ao lançar seu Zenfone 5 abaixo do preço do já competitivo do Moto G. A versão básica com 8GB e processador de 1.2GHz chega por R$ 599, enquanto o Moto G mais básico chega por R$ 699. Zenfone leva novamente!

Zenfone 5 3 x 1 Moto G 2ª Geração

Como já afirmamos na análise, o Zenfone 5 é hoje o aparelho Android com a melhor relação entre custo e benefício no mercado brasileiro. Mas na hora da sua compra, ainda é cedo para simplesmente descartar o Moto G. Entre o pessoal da redação, há um certo consenso que a pegada e o tamanho do modelo da Motorola é mais confortável – apesar de ainda grande. O sistema operacional também pode ser um fator definitivo: enquanto o Moto G manteve o Android “puro”, a Asus mexeu bastante no Zenfone. Aí fica por sua conta escolher qual das duas filosofias lhe agrada mais. Alguns diferenciais do Moto G também podem interessar, como o sistema de som estéreo frontal ou a opção com TV digital, coisas indisponíveis no Zenfone.

Independentemente de sua escolha, podemos dizer com segurança que o Moto G e o Zenfone 5 são as duas melhores opções do segmento intermediário e estão entre os melhores “Androids por real gasto” do mercado brasileiro. Porém, na hora de levantar a taça, é o Zenfone que virou o novo rei do pedaço.

Análise Zenphone 5:
http://www.youtube.com/watch?v=GlWBYr8ozjE

 

Comparativo:

Especificacoes-Zenfone5-Moto G 2-2014

 

 

 

Fonte: adrenaline

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Leia também

Demanda por GPUs para mineração de Ethereum caiu, segundo fabricante ASRock

Repressão no mercado chinês está sendo sentido O crash das criptomoedas em maio e a repres…