A EA Sports liberou uma nova atualização para FIFA 15 nas plataformas PS4 e PC (em breve no Xbox One). Algumas correções foram realizadas, várias delas baseadas em reclamações e sugestões de fãs. As duas áreas que mais passaram por modificações são o goleiro e os remates ao gol, mas bugs foram eliminados, o áudio foi consertado em determinados momentos e os problemas de sincronia de configurações não devem voltar a aparecer.

As novidades foram postadas no fórum oficial do game pela equipa do FIFA e são as seguintes:

  • Ajustes e melhores em chute ao gol e goleiros
  • Melhoria de experiência de gritos da torcida durante jogos online e offline. (PS4)
  • Adicionada a habilidade de chamar o goleiro no Pro Clubs.
  • Consertado o bug que impedia que as intruções de jogador no modo Temporadas fossem aplicadas na partida via Gerenciamento do Time.
  • Melhorias da busca de jogadores no Modo Carreira.
  • Dificuldade “Lendário” ajustada na jogabilidade.
  • Tecnologia da linha gol melhorada.
  • Consertado o tamanho das partidas nas partidas de Temporadas do FIFA Ultimate Team.
  • Lesões e suspensões da vida real atualizadas no Match Day Live.
  • Áudio no modo Carreira melhorado
  • Seção “Jogadores” no Gerenciamento de Time de partidas online consertada
  • Falas em áudio de jogadores específicos ajustadas em todos os modos.
  • Melhorias nos efeitos de sombra durante o movimento. (Xbox One)
  • Widget da tela dos jogadores Lendários do FIFA Ultimate Team consertado. (Xbox One)

Essa é a segunda grande atualização feita no game que é lançada primeiro na nova geração e no PC — a primeira começou na segunda semana de outubro. O download já está rolando há alguns dias para em diversos aparelhos, mas não tem nada para atingir todos os consoles.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Leia também

Beeper promete unir WhatsApp, Telegram e mais apps em um só

Por US$ 10 mensais, Beeper se propõe a fazer uma ponte para centralizar contas de 15 aplic…