O grupo espanhol Telefónica fechou acordo com o francês Vivendi para comprar a GVT por um valor total de € 7,2 bilhões (R$ 21,9 bilhões). São € 4,66 bilhões (R$ 19,61 bilhões) em dinheiro e direito a 7,4% de participação na Telefônica Brasil.

Os franceses ainda podiam ainda escolher entre ficar com mais 4,6% da Telefônica Brasil ou tomar do grupo espanhol a fatia de 8,3% que eles possuem da Telecom Italia – controladora da Tim -, então optaram pela segunda opção.

A transação foi anunciada nesta sexta-feira, 19, pelas duas empresas, que agora aguardam aprovação dos órgãos regulatórios brasileiros. Se o acordo se concretizar, por meio da Telefônica Brasil, a marca espanhola formará o maior grupo de telecomunicações do país.

Encerra-se ainda uma relação conflituosa de sete anos entre Telefónica e Telecom Italia. A companhia espanhola é a maior acionista na italiana, o que a fazia ser dona de parte da Tim. Só que a Tim concorre diretamente com a Vivo, braço de telefonia celular da Telefônica Brasil.

Agora quem passa a controlar essa fatia é a Vivendi, que até então atua no país por meio da GVT, uma das principais operadoras de banda larga do Brasil.

Fonte: olhardigital via: Reuters.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Leia também

Banco Central autoriza transferências bancárias pelo WhatsApp

Permissões possibilitam que aplicativo de mensagens seja usado para envio de recursos entr…