Em um post realizado ao Battlefield Blog, Sabina af Jochnick, Administradora do Anti-Cheat de Battlefield, fala sobre como está tomando conta dos cheaters no jogo. 

“Cheaters são um grande problema nos jogos hoje em dia, especialmente nos shooters em primeira pessoa. É meu trabalho lutar contra eles no Battlefield o melhor que posso e percebi uma frustração vindo dos jogadores questionando o que estava sendo feito contra os cheaters. Gostaria de compartilhar um pouco do trabalho realizado aqui na equipe Anti-Cheat.” 

FairFight 

“Se você não sabia, nós introduzimos um novo sistema Anti-Cheat para PC chamado FairFight que monitora o gameplay de cada jogador e o pune quando fazem algo suspeitoso ou algo que nenhum jogador legítimo faria. Criar uma nova regra demora. Precisamos ter certeza de que a regra é configurada e testada corretamente antes de colocarmos a mesma em prática. Regras precisam ser analisadas e validadas. Nenhum jogador legítimo será banido caso tenha ótimos rounds. As regras não são construídas baseadas somente no K/D, FairFight leva mais coisas em consideração. As evidências que coletamos são sólidas e não há dúvidas de que o jogador estava trapaceando.” 



“Com o FairFight, podemos bloquear áreas restritas – lugares onde jogadores podem entrar atrás de paredes, ficarem escondidos e não ser mortos. Quando um jogador entra em uma área restrita, o mesmo será kickado do servidor. Áreas restritas foram bloqueadas pelo FairFight como uma correção temporária até que uma correção adequada seja feita. Os mapas Metro e Locker possuia muitos desses glitches, que foram corrigidos desde o lançamento, e quando encontramos novos glitches (tanto a equipe ou com a ajuda da comunidade) tentamos fazer uma correção o mais rápido possível. 

O Processo de Banimento 

“Nossa política em banir cheaters é bem rigorosa – apenas banimos um jogador se realmente há evidência de que o mesmo está trapaceando, até porque não queremos nenhum falso positivo. Não estou dizendo que: Sem evidência = Sem ban. É que não podemos banir alguém sem nenhuma evidência concreta. Jogadores suspeitos estão sendo monitorados mais de perto, estamos olhando de outras formas para provar que é o suspeito é culpado.” 

“Então que tipo de evidência a comunidade poderia procurar? Pode ser stats anormais ou fazer upload de um vídeo para o YouTube (por favor, não faça nenhuma edição no vídeo). Jogadores flagrados trapaceando não só receberão um reset nos stats, sempre receberão uma suspensão ou um ban. Contestações serão sempre lidas e checadas diante da evidência.” 

 

“Tenha em mente que jogadores trapaceiros sempre dirão que são inocentes e que seus stats no Battlelog talvez não contenha nada suspeito. Eles são instruídos pelos seus fornecedores a ter stats normais para que possam enganar o FairFight e não ser pegos. A maioria dos distribuidores de cheats informam seus clientes como jogar e não ser pego pelo FairFight. É, não está funcionando. Nós estamos pegando todos.” 

Reportar 

“É ótimo que a comunidade ajude reportando jogadores suspeitos, porém nunca baniremos um jogador apenas com reports. Usamos os reports como um guia de quem devemos monitorar mais de perto. Cerca de 97% dos reports são jogadores sendo reportados por alguém apenas uma vez. Jogadores muito bons jogam Battlefield e geralmente podem ser confundidos como cheaters. Claro que alguns podem estar trapaceando e mais cedo ou mais tarde serão pegos. Já tivemos ótimos jogadores na DICE e é incrível ver eles jogando.” 

“Meu time e eu estamos trabalhando duro todo dia para fazer com que o Anti-Cheat seja bom como é mas aperfeiçoá-lo demora. Algumas melhorias talvez sejam implementadas instantaneamente porque é mais fácil enquanto outras talvez demorem mais. Geralmente leio tópicos no fórum e levo tudo que vocês dizem em consideração até porque há ótimas ideias por ai e algumas delas já estão implementadas. Eu motivo vocês a continuar com essa ajuda contra os cheaters para que todos possam desfrutar do jogo.” 

“Espero que isso mostre que estamos lidando seriamente contra cheaters e também prove que estamos melhorando nossos métodos para pegar os caras maus.” 

“Sinceramente, 

Sabina af Jochnick 
Administradora do Anti-Cheat de Battlefield” 

Fonte: battlefieldbr

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Verifique também

Feliz aniversário S0ST1N3S

Hoje é um dia muito especial, para você e para todos nós também, pois apenas desejamos o s…