Vai dizer que em algum momento da sua vida você não teve vontade de largar tudo e se isolar do mundo, fugindo para algum lugar longe da bagunça do cotidiano e das pessoas que não param de pegar no seu pé! Pois algumas pessoas que passaram pela mesma experiência devem ter levado essa ideia muito a sério, construindo estruturas situadas em locais extremamente isolados. Veja 5 exemplos a seguir:

1 – Cabana de Elliðaey

Localizada em Elliðaey, uma das ilhas de Vestmannaeyjar, na Islândia, a edificação acima não é uma residência, mas uma cabana construída por caçadores que iam até lá para capturar papagaios-do-mar. Há 300 anos, a ilha era habitada por 5 famílias que sobreviviam da pesca, caça e de alguns animais que ele criavam no local, mas, devido às dificuldades de viver em um local tão isolado, em 1930, os últimos residentes deixaram a ilha.

2 – Cabana Solvay

Conhecida como Cabana Solvay, a casinha acima, localizada na Suíça, não é indicada para quem tem medo de altura ou é paranoico a respeito de acidentes — como avalanches, por exemplo! Situada a mais de 4 mil metros no pico de Matterhorn, nos Alpes Suíços, a cabana foi construída em 1915 e está equipada com 10 camas e um aparelho de radiotelefone para uso de alpinistas.

3 – Eremo di San Colombano

A bela estrutura acima, incrustrada em um desfiladeiro entre Vivenza e Rovereto, em Trambileno, se chama Eremo di San Colombano e, como você já deve ter deduzido pelo nome, é um eremitério fundado por São Columbano em 753 — embora sua construção tenha sido finalizada em 1319 — para abrigar monges que buscavam o isolamento espiritual.

O eremitério fica a 120 metros de altura e foi escavado diretamente na rocha, e quem quiser acessá-lo primeiro deve atravessar um desfiladeiro e se aventurar por mais de 100 degraus em estado bem precário de conservação. Dizem que São Columbano matou um terrível dragão no local e, apesar de a estrutura ter deixado de servir sua função em 1782, em todos os natais ocorre uma pequena procissão para levar uma tocha até o alto do eremitério para honrar o santo.

4 – Pilar Katskhi

Conhecido pelo nome de Pilar Katskhi, o monólito acima, localizado na Georgia e com 40 metros de altura, abriga uma pequena igreja — cuja construção inicial data do século 7 —, uma adega, uma cripta e três celas para o uso de monges ermitãos. Atualmente, o local é ocupado por um único religioso, um homem chamado Maxime Qavtaradze, que há 20 anos vive lá no alto. Ah… mulheres não podem subir até topo.

5 – Canadá?

Na verdade, não encontramos informações muito precisas sobre a casinha da foto acima, mas, aparentemente ela foi construída em uma ilhota do arquipélago de Thousand Islands — ou Mil Ilhas, em tradução livre —, situado no curso superior do rio San Lorenzo, na fronteira entre os EUA e o Canadá. Contudo, apesar de a localização exata ser desconhecida, achamos que o exemplo acima merecia entrar para a nossa lista. E você, caro leitor, o que acha?

Fonte: megacurioso

Um comentário

  1. [COBRA] KAMPAS

    14 de agosto de 2014 em 19:28

    o que eu acho?
    a maioria dessas casas são crimes de preservação ambiental!

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Verifique também

Valorant está FRITANDO Placas de VÍDEOS!

Anti-cheat de VALORANT queimando placas de vídeo no PC? Entenda! anguard, o anticheat de V…