android_4.5_2 Junto do Android 4.4 KitKat, a Google introduziu opção alternativa de runtime, chamada Android Runtime (ART), que pode ser usada no lugar do Dalvik, que é a escolha padrão desde a criação do sistema. Na próxima atualização do Android – seja ela a 4.5 ou a 5.0 – isso irá mudar, e o ART se tornará o runtime padrão do sistema.

Runtime é, basicamente, o software responsável por rodar os aplicativos nos dispositivos Andorid. Por isso, o Dalvik é encontrado em smartphones, tablets e até smart TVs. Com a introdução do ART, os dispositivos que receberem a nova versão do sistema operacional da Google terão aumento na duração de bateria e melhora de desempenho. A contrapartida é que ele deverá ocupar mais espaço no telefone, e aumentar os tempos de instalação dos aplicativos.

É válido notar que, na versão atual do Android, o ART ainda não possui compatibilidade total com certos games e aplicativos, como Whatsapp, Angry Birds Go! e Bittorrent. Mas o provável é que os desenvolvedores atualizem seus apps antes da próxima versão do Android sair. E é claro que a Google deverá trazer várias otimizações para o ART antes de torná-lo o runtime padrão, aumentando a compatibilidade com os aplicativos.

 

Testando o ART
Quem possui os dispositivos Nexus 4, Nexus 5, Nexus 7 ou Nexus 10 já pode testar o ART. Para isso, basta habilitar os opções de desenvolvedor, indo em Settings -> About, achando o “build number” e clicando nele diversas vezes. Depois, é preciso entrar nas opções de desenvolvedor, e ir até “Select runtime”. Ali, selecione a opção “ART”. Agora, seu dispositivo irá reiniciar e converterá todos os seus aplicativos para ART, num processo que leva cerca de 20 minutos.

Recomenda-se que apenas usuários avançados tentem isso, e tudo que você faz é por sua conta e risco. E, claro, tenha em mente que nem todos os aplicativos são compatíveis com o ART no momento, então nem tudo deve funcionar tão bem quando antes. Apesar disso, os aplicativos compatíveis deverão rodar mais rápido. android_4.5_tutorial

Fonte: adrenaline via Phone Arena.

Um comentário

  1. COBRA-KABANNA

    20 de junho de 2014 em 11:58

    Olha ae melhor notícia para quem usa Android. Muito ruim ter que carregar toda hora o aparelho porque os App usam muito a bateria.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Leia também

Micron anuncia chegada das primeiras memórias 1a DRAM do mundo

Empresa é a primeira a começar envio em volume da nova geração de memórias A Micron&n…