Watch-Dogs-Eugene-KasperskyA habilidade de hackear todo tipo de dispositivo usando apenas um smartphone é um recurso extremamente importante para a jogabilidade e o maior diferencial do mais recente lançamento da Ubisoft, Watch Dogs. É por isso que a empresa precisou até de consultoria, com a Kaspersky Lab, para deixar as façanhas não só divertidas, mas realistas também.

Segundo o laboratório russo de segurança da informática, muito do que é feito em Watch Dogs até já existe no mundo real, como o Stuxnet, por exemplo, um malware que ataca sistemas de controle e que chegou a ser usado para atacar instalações nucleares iranianas. Outros hacks, que são ficção, receberam consultoria para ficarem mais “amarrados” ao que seria possível na realidade e até ao que pode surgir, de fato, nos próximos anos.

Thomas Geffroyd, diretor de conteúdo das marcas da Ubisoft, comentou sobre a parceria: “O trabalho com a Kaspersky Lab nos ajudou a consolidar a autenticidade técnica do jogo. Nós tínhamos tomado algumas liberdades para tornar o jogo divertido, e Vitaly (pesquisador executivo da Kaspersky) e sua equipe nos aconselharam sobre os parâmetros de inclusão desse conteúdo em um videogame.”

Fonte: adrenaline

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Verifique também

Revista oficial do Playstation confirma Battlefield 6 e mais detalhes para o próximo mês

Muitos fãs da franquia Battlefield devem estar se perguntando o que virá a seguir, já que …