Depois de muitas especulações, a Apple finalmente confirmou a compra da Beats, empresa conhecida pelos seus fones de ouvido, mas que também possui um serviço de streaming de músicas que compete com Spotify, Deezer e Rdio. A negociação foi anunciada hoje à tarde pelo valor de US$ 3 bilhões, a maior da história da Apple.

As duas partes da empresa, dividida entre Beats Music (serviço de streaming) e Beats Electronics (equipamentos de som), passam a ser parte da companhia capitaneada por Tim Cook. Com o acordo, o rapper Dr. Dre e Jimmy Iovine, cofundadores da empresa, se unirão à Apple como executivos.

O pagamento será feito em duas partes. A Apple desembolsará US$ 2,6 bilhões imediatamente e oferecerá mais US$ 400 mil em ações que só poderão ser vendidas após um período determinado não revelado.

Mesmo sendo o maior valor pago pela Apple na história, o preço ainda foi menor do que o inicialmente especulado, que ficava em US$ 3,2 bilhões. A queda pode ser atribuída ao fato de a empresa ter supostamente ficado irritada com declarações do rapper Dr. Dre, que apareceu em vídeo confirmando ser “o primeiro bilionário da história do hip-hop” antes de o acordo ser fechado.

http://www.youtube.com/watch?v=s2e5ZibypDk

Quem acompanha a Apple sabe que é estranha uma aquisição deste porte. Desde a época de Steve Jobs, a companhia sempre se manteve discreta, evitando comprar empresas de renome como a Beats, que também representam um gasto muito alto. Essa seria uma cisão entre o modelo Jobs e o estilo Tim Cook de direção.

No ano passado, em setembro, a Beats recebeu um investimento de US$ 500 milhões do Carlyle Group, que avaliou a empresa em US$ 1 bilhão. Caso a quantia se confirme, significaria que seu valor foi triplicado em menos de um ano.

Fonte: olhardigital

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Leia também

Piloto consegue pousar avião partido ao meio em Denver, nos EUA

Um piloto conseguiu uma façanha digna de filmes de ação na última quarta-feira (12). Ainda…