A Sony anunciou na noite desta terça-feira que um óculos de realidade virtual será lançado para o PlayStation 4. Batizado de Project Morpheus, o acessório vai colocar o PS4 em uma posição estranha no mundo dos jogos: o console vai se diferenciar do Xbox One e, ao mesmo tempo, vai oferecer uma experiência similar à do Oculus Rift para PC.

O anúncio foi feito durante a Game Developers Conference (GDC), que acontece nesta semana em São Francisco, nos Estados Unidos. Durante o apresentação, Shuhei Yoshida, presidente da Sony Worldwide Studios, mostrou uma exibição do aparelho em funcionamento com o jogo God of War. “Quando eu olhei para baixo, meu corpo era o de Kratos. Foi uma experiência poderosa”, afirmou Yoshida.

Durante sua apresentação, Yoshida falou abertamente sobre a semelhança do Morpheus com o Oculus Rift. “Eu tenho um enorme respeito por eles e nós nos inspiramos na reação entusiasmada de desenvolvedores e jornalistas que testaram [o Oculus Rift]“, disse.
xapcb32sqggp4wwpk4pm
Yoshida ressaltou que o headset na foto acima não é a versão final do produto. A Sony ainda está desenvolvendo o óculos e não há data oficial de lançamento. De acordo com a empresa, a tela tem resolução de 1080p com 90 graus de campo de visão. Assim como o Oculus Rift, o aparelho tem capacidade de movimento de 360 graus.

Em termos de jogos, já sabemos que EVE Valkyrie já oferece suporte à versão do Morpheus para desenvolvedores, o que é animador. Também há uma versão especial de Thief sendo lançada com algumas partes reconstruídas para uma imersão na realidade virtual. Outros dois jogos, The DeepThe Castle, também terão suporte ao headset, sendo que The Castle vai permitir o uso do PlayStation Move para controlar uma espada.

qvd3j87ojcwz3cf5ewph

ussf5kuxsklo1silbu7u

Morpheus estará disponível para testes hands-on com desenvolvedores e jornalistas nesta quarta durante a GDC. O Kotaku estará lá para testar o novo acessório, então volte aqui na noite desta quarta para as nossas impressões sobre o Morpheus.

Mercado

Com toda a atenção (merecidamente) dada ao Oculus Rift, era questão de tempo para que algum gigante da indústria entrasse no território da realidade virtual.

Esta não é a primeira vez que a Sony explora esse mercado. O estranho HMZ-T1 era uma espécie de headset lançado pela divisão de televisões da Sony e era bem melhor do que parece. O HMZ-T1 tinha um conceito bem parecido com o do Morpheus, mas no lugar de videogame, era usado para ver TV.

Apesar de ser apenas um protótipo, o Morpheus tem boas chances de ter sucesso porque a Sony tem a estrutura necessária para transformar o produto em realidade, enquanto o Oculus Rift, apesar de sua popularidade, é um produto de nicho e recentemente teve problemas com o estoque de seus componentes. Se a Sony perceber que há um real interesse no Morpheus, ela seria capaz de ampliar o projeto de forma relativamente rápida.

Mas, ainda assim, é necessário ver o anúncio do Morpheus com cautela. Uma máscara de esqui futurista com luzes azuis brilhantes pode muito bem se tornar um vaporware, especialmente quando precisa estar conectada a um console por um fio de cinco metros.

Uma coisa é ser capaz de produzir o Morpheus. Outra, completamente diferente, é conseguir oferecê-lo a um preço atraente (o HMZ-T1 tinha preço sugerido de US$ 800), com jogos e aplicativos que as pessoas queiram usar, de maneira que o produto seja viável a longo prazo.

Fonte:  kotaku

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Verifique também

TV 8K da Sony ‘ideal para PS5’ chega ao Brasil com 75″ e preço de carro

Modelo já está disponível para comprar no site oficial da marca A Sony começa a vender a n…