Jon Shiring, um dos engenheiros da Respawn Studios, produta de Titanfall, falou sobre o uso da nuvem e tecnologias da Microsoft durante o desenvolvimento do jogo. Em entrevista com o site Engadget, ele disse que as negociações com a empresa começaram em 2010. E que a ideia dele despertou grande interesse na empresa justamente porque “casaria” com os planos na nuvem da Microsoft.

“Na época, eu acho que eles estavam à procura de coisas interessantes para fazer para o Xbox One, pois eles estavam tentando obter uma influência sobre o que seria uma maneira nova e interessante para a Live. Nós chegamos no momento certo”, disse Shiring.

Windows Azure

Titanfall e Windows Azure

O desenvolvedor diz que as máquinas do Windows Azure são essenciais para manter a qualidade do game, principalmente por ser um jogo que traz inteligência artificial para as partidas, e não só os jogadores em modalidades multiplayer.

Quando questionado se eles pensaram em um jogo cross-platform (que tem servidores juntos, em todas as plataformas), Shiring disse que não consideraram lançar o game neste modelo. Seria um grande empecilho lançar três tipos de atualizações a cada aprimoramento a ser lançado para o jogo.

A Microsoft também fica responsável por oferecer servidores dedicados para o título. O engenheiro não revela quantos servidores da Xbox Live são deles, mas diz que entrega as estimativas para a Microsoft, e eles mantém o game em funcionamento.

Mais você encontra na entrevista completa, em inglês, aqui (em inglês).

Fonte: baboo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Verifique também

Novo iPhone pode ser lançado dia 13 de outubro, sugerem fontes.

A Apple pode estar próxima de lançar o novo iPhone 12 no dia 13 de outubro. A informação é…