A britânica Virgin Mobile firmou acordo de compartilhamento de redes com a Vivo e só depende do aval da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) para se lançar no Brasil como operadora virtual.

As virtuais não dependem de infraestrutra para funcionar e podem prestar serviços por meio das antenas de operadoras físicas. Isso faz com que a Virgin fuja da concorrência com Claro, tim e Oi e rivalize com a Porto Seguro, que começou a vender planos de celular pela internet em agosto de 2013.

A Virgin também prepara o lançamento de suas operações no México, onde firmou parceria com a Telefónica, que controla a Vivo no Brasil. Chile e Colômbia foram os primeiros países latinos a contar com os serviços da empresa inglesa.

Fonte: Reuters 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Verifique também

Sony decide fechar fábrica em Manaus e parar de vender TVs e câmeras no país

Assista vídeo da CNN https://www.cnnbrasil.com.br/business/2020/09/15/sony-decide-fechar-f…