Usuários de iPhone podem ser espionados com facilidade pela NSA, segundo documentos vazados compartilhados pelo pesquisador Jacob Appelbaum e a revista alemã Der Spiegel. As informações são do site DailyDot.

A página revela que a agência de segurança norte-americana tem acesso quase completo aos smartphones da Apple através de backdoors implantadas nas interceptações de encomendas. O programa utilizado para tudo isso é chamado de DROPOUTJEEP, e mantém o “bom-humor” da agência na hora de batizar os malware espiões.

Pelas brechas, os agentes seriam capazes de ler mensagens SMS, acessar a lista de contatos do aparelho, achar o celular usando torres de sinal e até ativar câmera e microfone à distância. O que mais assusta é a taxa de sucesso na implantação do malware espião, que chega a 100%.

Ou seja, é praticamente certo que a NSA terá acesso aos dados no aparelho do alvo quando quiser. Sergundo o DailyDot, Appelbaum afirma que, pela facilidade da infecção, há dois cenários possíveis.

“Ou a NSA conhece uma enorme variedade de brechas que afetam aparelhos da Apple e estaria os sabotando ou a Apple está sabotando a si mesma”, disse o especialista no Chaos Communication Congress, realizado neste fim de ano em Hamburgo, na Alemanha.

Fonte: info.abril

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Leia também

Rede de fibra óptica submarina que liga o Brasil a Europa começa a operar em julho

Obra custou R$ 1 bilhão, tem 6,2 mil quilômetros e permite reduzir em até 50% o tempo de r…