Oito das maiores empresas de internet dos Estados Unidos (e do mundo) se uniram para enfrentar as políticas de espionagem do governo local. Google, Microsoft, Apple, Facebook, Twitter, LinkedIn, Yahoo e AOL enviaram carta aberta ao presidente Barack Obama cobrando mudanças.

“A segurança dos dados de usuários é crítica, razão pela qual nós investimos tanto em criptografia e lutamos por transparência acerca de solicitações por informações pelo governo”, diz um trecho da carta, conforme repercutido pela Reuters.

“Isso é afetado pela aparente coleta de dados no atacado, de maneira secreta e sem supervisão independente, conduzidas por muitos governos ao redor do mundo. É tempo de uma reforma e pedimos ao governo dos EUA que lidere este caminho.”

Na semana passada Obama prometeu que tentará fazer mudanças na conduta da NSA, a agência de segurança nacional do país, órgão que está por trás dos escândalos de espionagem denunciados pelo ex-colaborador Edward Snowden.

A Microsoft também se mexeu, afirmando que pretende contestar judicialmente qualquer tentativa de avanço das autoridades na intenção de requerer dados de seus clientes.

Fonte: olhardigital

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Verifique também

YouTube lança plataforma de vídeos curtos para competir com TikTok

Em fase de testes, YouTube Shorts está disponível somente para usuários de Android na Índi…