Cerca de 3 meses atrás, Steve Ballmer anunciou que irá sair da Microsoft. Até hoje essa situação não havia sido muito bem explicada, e muitos suspeitavam inclusive que a saída não havia sido voluntária. Mas Ballmer finalmente explicou a situação, dizendo que ela foi por causa da pressão que ele estava sofrendo dos diretores, que pediam para que Ballmer acelerasse a transiçao da Microsoft para uma empresa de “dispositivos e serviços”.

O CEO da Microsoft já havia dado dicas de que esse era o motivo. Numa entrevista anterior, concedida há 3 meses, ele disse: “minha ideia inicial era que minha saída acontecesse durante a transformação de nossa companhia em um provedor de aparelhos e serviços. Já em maio, ele havia decidido que o melhor era desacelerar essa transição, pelo menos no seu modo de ver. Mas Ballmer admite que uma nova liderança pode acelerar essa transformação da Microsoft.

Fonte: adrenaline via Engadget.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Leia também

Dragão, supercomputador da Petrobras com 200 TB de RAM, inicia operações

Petrobras inicia operações de seu novo supercomputador Dragão; máquina será destinada a pr…