Com a aproximação do lançamento dos consoles que inauguram a oitava geração de videogames, uma pergunta vem à tona: em qual apostar? Jogos, acessórios, preços e redes online… Cada detalhe pesa no momento da escolha.

Agora que a Sony revelou o valor do PlayStation 4, todos os elementos podem ser colocados na balança para que jogadores, entusiastas e interessados escolham conscientemente sua próxima máquina de jogos.

 

Xbox One 

Data de lançamento: 22 de novembro de 2013.

Preço: 2,199 reais. O modelo vendido virá somente com um controle, HD de 500GB, cabos e o Kinect. Os jogos serão vendidos separadamente.

Jogos: O Xbox One chega às lojas com 21 jogos, quatro deles exclusivos da plataforma. Os mais importantes são Dead Rising 3,Killer Instinct e Crimson Dragon, respectivamente, uma aventura pós-apocaliptica de mundo aberto infestado por zumbis, um remake F2P do jogo de luta clássico dos 16 bits e, por último, o sucessor espiritual de Panzer Dragoon, que fez história no Sega Saturn.

Potência: O coração que movimenta o novo console da Microsoft é composto por um processador octacore da própria companhia, 8GB de Ram DDR em um GPU 853 MHz AMD da Radeon.

Rede online: Todos os serviço da Xbox Live, inclusive gravação de partidas e promoções, continuam necessitando que o jogador tenha a assinatura Gold. A assinatura do serviço custa 98 reais por 12 meses.

Controle: O controle do Xbox One retorna semelhante ao joystick clássico do Xbox 360, o que significa que ele continua utilizando pilhas. O grande diferencial está mesmo no Kinect 2 que vem com o console. O novo aparelho chega todo redefinido, com a capacidade de reconhecer diferentes vozes e até seis pessoas distintas jogando em frente ao console.

Serviços: O Xbox já virá de fábrica com acesso a Netflix, Hulu Plus, Skype, gravador de partidas e web browser, porém, como já dito, o acesso necessita a assinatura da Xbox Live Gold.

Retrocompatibilidade: Quando questionada sobre a possibilidade de o Xbox One rodar jogos de seu antecessor, a Microsoft respondeu: “Estamos olhando para frente, não para o passado”. Depois, a companhia revelou que pretende continuar vendendo o Xbox 360 mesmo após o lançamento do novo console. Logo, um serviço de retrocompatibilidade tornaria a antiga geração obsoleta.

 

PlayStation 4

Data de lançamento: 29 de novembro de 2013.

Preço: 3,999 reais. O modelo que chega às lojas brasileiras vem com controle, HD de 500GB e cabos necessários. A Sony ainda não especificou se algum jogo estará incluso no pacote.

Jogos: O PlayStation 4 lança com 33 jogos diferentes, 19 deles exclusivos. Os mais importantes jogos desta largada são os que compõem a tríade da Sony: Killzone: Shadow FallInfamous: Second Son e Knack. O primeiro, um FPS futurístico; o segundo, um verdadeiro simulador de super-herói em mundo aberto; e o terceiro, mais voltado ao público infantil, mistura plataforma e aventura.

Potência: O novo console da Sony funciona com processador single-chip X86 Jaguar da AMD, 8GB GDDR5 de RAM e GPU AMD next-generation Radeon de 1.84 TFLOPS.

Rede online: O acesso à PlayStation Network permanece gratuito, assim como seus serviços. A partir do PlayStation 4, entretanto, será necessário ser assinante da PlayStation Plus para jogar partidas online. A Sony divulgou que o Instant Game Collection, serviço que garante jogos grátis aos assinantes da Plus quatro vezes por mês, continuará ativo também no novo console.

Controle: O Dual Shock 4 aposta em funções novas e chega redefinido com uma tela de toque central e um botão de acesso rápido às funções de streaming e gravação. O joystick pode ser carregado no próprio console via USB e é sensível a movimentos. O combo PS Move com PS Eye também retorna no PS4, mas vendidos separadamente. Foi também anunciado que o portátil, PS Vita, não apenas servirá de joystick para o console, como também poderá transmitir seus jogos remotamente.

Serviços: O PlayStation 4 vem de fábrica com acesso livre a serviços como Netflix, Hulu Plus, IGN App, gravação e streaming de partidas, assim como web browser. Vale lembrar que, apesar do acesso livre, serviços pagos como Netflix ainda requerem suas próprias mensalidades.

Retrocompatibilidade: Inicialmente, o novo console da Sony não vai rodar jogos de PlayStation 3, 2 e One, porém, a Sony já anunciou que trabalha em formas de tornar viável o acesso a biblioteca de seus consoles passados.

No Brasil: Em resumo, ambos consoles são bastante similares. O PlayStation 4 é mais potente, fato atestado já por diversos desenvolvedores e especialistas do mercado, mas isto quer dizer que o console terá jogos mais bonitos? Não necessariamente. Significa que os games exclusivos da Sony tendem a uma melhor performance, enquanto os multiplataformas tendem a ser igualados pelo hardware inferior.

No quesito jogos, o PlayStation 4 toma novamente a dianteira. A oitava geração de videogames marca também a primeira vez que um console da Microsoft lança com apenas um game próprio da casa, enquanto a Sony chega com três exclusivos próprios de peso e uma série de relançamentos do PlayStation 3. A falta de títulos que deram cara ao Xbox 360, como Halo e Gears of War, deixam a largada da Microsoft um pouco sem personalidade perante à rival.

Não importa a perspectiva que busquemos, o lançamento da Sony parece sempre superior. Quando ele não se mostra melhor, os quesitos tendem a se igualar, como no caso das redes online e seus serviços. Isso até compararmos os preços. Não há muito com o que argumentar: no Brasil, o Xbox One está sendo lançado com mais coisas (no caso, o Kinect) e custa mais de mil reais a menos que o console da Sony.

Com tamanha diferença de preços, não existem muitas opções. O Xbox One é a melhor escolha para o jogador que deseja um console da nova geração já em novembro. Aos outros, que tanto se apegaram às produções da Sony, ou resistem à ideia de começar nova vida na rede de outro console, é momento de esperar. Esperar ou importar, porque aqui no Brasil o Xbox One é a única opção.

Fonte: info.abril

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Leia também

Discord Voice Chat está chegando aos consoles Xbox

Desde sua estreia em 2015 como uma alternativa ao Skype, o Discord se tornou uma das maior…