As pessoas costumam comparar a série Yakuza com GTA. Elementos como o mundo aberto e a temática do crime podem até estar em ambas as franquias, mas as semelhanças param por aí. Tanto que Toshihiro Nagoshi, o criador do jogo da Sega, não tem o menor problema em dizer que odeia Grand Theft Auto, inclusive dando um ponto de vista bastante compreensível.

Durante uma conversa com estudantes em uma Universidade no Japão em 2011, Nagoshi foi questionado sobre o que achava de Call of Duty. “Gosto muito. É muito bem feito”, respondeu e, após uma breve pausa, emendou a seguinte afirmação:

“Claro, há muitas tendências diferentes nos games. Uma vez eu disse publicamente que odeio Grand Theft Auto e fui muito xingado na internet. Eu ainda odeio. E se me perguntassem se eu acho que é um bom jogo, diria que é excelente. Eu simplesmente não consigo participar de algo que acha que o sentimento de matar e cometer crimes é divertido.”

yakuza_GTAO vídeo com esse bate-papo está no YouTube desde 2011, mas só ganhou repercussão agora, provavelmente por conta do lançamento de GTA V. Alguns podem dizer que a série Yakuza é basicamente o que ele critica nas aspas acima, mas nos jogos da Sega, a violência é realmente muito mais reativa do que ativa e as mortes acontecem com incrível raridade.

Fonte: kotaku

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Leia também

Gameplay do Battlefield 2042 será apresentado na conferência da E3 2021

Esta semana (9) tivemos a revelação mundial do Battlefield 2042 com o primeiro trailer e m…