A Sony abriu a coletiva desta quinta-feira, 24, se posicionando sobre a questão do preço elevado do Playstation 4. Mark Stanley, representante do Playstation América Latina, antes de anunciar qualquer novidade do console, aproveitou o espaço para tentar defender a empresa.

“Nós não descansaremos enquanto o PS4 não for acessível a todos os jogadores brasileiros”, afirmou ele de modo firme, mas visivelmente incomodado com o assunto que repercutiu tanto nas redes sociais.

Para quem chegou de outro planeta, explicamos: a empresa divulgou o preço do Playstation 4 no Brasil e não agradou nenhum dos interessados em adquirir o console oficialmente nas lojas nacionais. Isso porque o valor anunciado, R$ 4 mil, é proibitivo para a maior parte da população.

A Sony culpa a alta carga tributária brasileira pelo valor absurdo e voltou a reafirmar esta posição durante a coletiva.

O grande problema, no entanto, é o seu rival, o Xbox One. O console da Microsoft teve o preço de R$ 2,2 mil anunciado em junho deste ano, mesmo com a mesma carga tributária. Contudo, a evolução do Xbox 360 deverá ser produzida no Brasil, o que explica a diferença de preço.

Fonte: olhardigital

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Verifique também

TV 8K da Sony ‘ideal para PS5’ chega ao Brasil com 75″ e preço de carro

Modelo já está disponível para comprar no site oficial da marca A Sony começa a vender a n…