O escritor americano Tom Clancy, famoso por seus thrillers com temática militar que inspiraram filmes como “A Caçada ao Outubro Vermelho” e vídeo games (como a série “Rainbow Six” ), morreu aos 66 anos na terça-feira (1), segundo o “New York Times”.

De acordo com o diário americano, o escritor morreu em hospital de Baltimore, nos Estados Unidos, mesma cidade onde nasceu.

As causas da morte ainda são desconhecidas.

Além de best-sellers de ficção, que incluem “Jogos Patrióticos” e “A Soma de Todos os Medos”, posteriormente adaptados ao cinema, Clancy também escreveu livros de não-ficção sobre as forças armadas dos Estados Unidos.

O histórico de sucesso de Clancy inclui 17 livros no topo da lista de best-sellers do “New York Times”, incluindo sua obra mais recente “Threat Vector”, lançada em 2012.

CORRETOR DE SEGUROS

Antes de sua estreia como escritor, Clancy era dono de uma agência de seguros em sua cidade natal. Ele havia tentado se alistar na Marinha, mas foi recusado.

Sua estreia ocorreu com “Caçada ao Outubro Vermelho”, um thriller sobre um capitão soviético que decide desertar para os Estados Unidos a bordo de um submarino nuclear e provoca um impasse entre as duas superpotências da Guerra Fria.

Ele vendeu a história para a Editora do Instituto Naval dos EUA por apenas US$ 5.000 (posteriormente, porém, ele recebeu milhões pelos direitos de publicação e pela adaptação da história aos cinemas).

Seus livros ficaram famosos pelo nível de detalhamento técnico do aparato militar. Seu conhecimento provinha, em parte, do seu hábito de leitor voraz de publicações militares, sobretudo livros da própria Editora do Instituto Naval.

Um de seus personagens, Jack Ryan, é uma versão idealizada de si mesmo –um escritor especializado em assuntos navais que trabalha como consultor da CIA.

NOVO LIVRO

A editora Record, que publica Clancy no Brasil, informou que nesta semana chegará às livrarias um novo romance do autor, “Morto ou Vivo”, que traz de volta o personagem Jack Ryan Jr., filho de Jack Ryan.

Segundo a Record, na trama o protagonista deve impedir o ataque do maior terrorista do mundo ao coração dos Estados Unidos

A editora ainda informou que a Ubisoft, sua parceira em livros baseados em games, promete para 2014 um jogo baseado na obra do autor, “Tom Clancy’s: The Division”, que se passa em um mundo pós-apocalíptico.

De acordo com a Record, mais de 100 mil exemplares dos livros de Clancy já foram vendidos no Brasil.

Veja a lista de livros do autor publicados no Brasil pela Record:

“A Caçada ao Outubro Vermelho” (1986)
“A Soma de Todos os Medos” (1993)
“Dívida de Honra” (1996 – fora de catálogo)
“Op-Center” (1997)
“Reflexo no Espelho” (1998 – fora de catálogo)
“Ordens do Executivo” (1999)
“Jogos de Estado” (1999)
“Rainbow 6” (2000)
“Atos de Guerra” (2003)
“O Urso e o Dragão” (2003)
“Equilíbrio de Forças” (2004)
“Coelho Vermelho” (2006)
“Os Dentes do Tigre” (2007)
“Morto ou Vivo” (2013)

Kathy Willens – 24.mai.2004/Associated Press
O escritor americano Tom Clancy, durante entrevista em 2004 em Nova York
O escritor americano Tom Clancy, durante entrevista em 2004 em Nova York

 

http://www1.folha.uol.com.br/ilustrada/2013/10/1350615-escritor-tom-clancy-morre-aos-66-anos-nos-eua.shtml

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Leia também

As 20 melhores séries para assistir na Netflix, segundo nota do IMDb [Atualizado]

Em dúvida sobre qual série escolher para iniciar mais uma maratona na plataforma? Prepara …