A franquia GTA sempre tocou em alguns pontos sensíveis da sociedade. Um deles não foi anunciado pela desenvolvedora, a Rockstar, no lançamento de Grand Theft Auto 5, mas foi percebido por alguns jogadores. A polícia do jogo é racista com um dos protagonistas, Franklin, o único negro entre os personagens principais.

Para quem não conhece a dinâmica do jogo, é possível controlar três personagens durante o gameplay: Michael e Trevor, ambos brancos, e Franklin, negro. Porém, a polícia age agressivamente, sem qualquer motivo, apenas com o último.

De acordo com vários jogadores, os policiais de Los Santos começam a agredir Franklin por buzinar, ou brincar com o seu cachorro, algo que não acontece com os personagens brancos.

Contudo, é possível que se trate de uma característica de exagero policial como um todo. Já circula um vídeo no YouTube, no qual Michael, um dos protagonistas brancos, só encara os tiras por algum tempo e passa a ser agredido, como mostra o vídeo abaixo:

Fonte: olhardigital via Via Ubergizmo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Verifique também

TV 8K da Sony ‘ideal para PS5’ chega ao Brasil com 75″ e preço de carro

Modelo já está disponível para comprar no site oficial da marca A Sony começa a vender a n…