ALEXANDRE ORRICO

DE SÃO PAULO

“GTA 5” é um fenômeno.

O novo título da histórica e polêmica franquia de jogos de ação da Rockstar, lançado no Brasil na última quinta (19), carrega superlativos dentro e fora das telas.

O game, um dos mais aguardados do ano, teve o maior orçamento já investido em um jogo –US$ 266 milhões, dinheiro comparável ao que estúdios de cinema desembolsam para a produção e divulgação dos filmes mais caros de Hollywood.

Cena de “GTA 5”, que foi lançado nesta-terça no mundo e chega na quinta (19) no Brasil por R$ 199

A arrecadação foi a mais alta da história para as primeiras 24 horas de lançamento de qualquer game, álbum de música, filme ou outro produto de entretenimento mundial: US$ 800 milhões. Em menos de três dias, foram US$ 1 bi. O recorde anterior era do também game “Call of Duty: Black Ops 2”, com US$ 500 milhões em 24h e US$ 1 bi em 14 dias.

Um ritmo de série de TV, no qual as missões são como episódios, guia a narrativa sanguinolenta do game, recheada de diálogos “tarantinescos”, tramas criminosas e sátiras afiadas da vida moderna –“GTA 5” debocha até do Facebook, que no jogo tem o nome de “Lifeinvader”.

São três os personagens principais: Michael, um quarentão em crise que assaltava bancos; Franklin, um marginal que comete pequenos crimes nas ruas, e Trevor, um maníaco ultraviolento que se diverte em torturar, fuzilar e incendiar qualquer coisa.

A divisão do enredo entre múltiplos protagonistas é a diferença mais notável deste novo “GTA”. Cada um tem habilidades especiais e estilo próprio, que podem influenciar nas missões e fazem a história fluir melhor.

Nas ações orquestradas em grupo, como um sequestro, o jogador pode controlar qualquer um dos três bandidos e alternar entre eles, em tempo real, quando quiser.
Para saber o momento correto, convém usar um pouco de estratégia.

O game é ambientado na cidade fictícia de Los Santos, versão virtual de Los Angeles que impressiona pelo tamanho e pelos detalhes.

O jogador tem, no mínimo, 30 horas de jogo –embora a quantidade de horas necessária para explorar o cenário em sua plenitude (onde dá para jogar golfe, praticar ioga, assaltar lojas ou visitar clubes de striptease, entre outras atividades) possa ultrapassar as centenas.

A física dos carros foi modificada; eles estão mais resistentes se comparados com “GTA 4” –tudo para deixar os momentos ao volante (que não serão poucos) menos trabalhosos.

Ponte entre a atual e a nova gerações de consoles, o mundo aberto e cheio de possibilidades de “GTA 5” deve servir como inspiração para os jogos que começam a chegar a partir de novembro, junto com o Xbox One e o PS4.

“GTA 5”

DESENVOLVEDORA Rockstar

PLATAFORMAS PlayStation 3 e Xbox 360

PREÇO R$ 199

AVALIAÇÃO Ótimo

US$ 800 milhões
Valor arrecadado pelo jogo durante as primeiras 24h de venda

3 dias
Tempo necessário para “GTA 5” alcançar US$ 1 bi em vendas

115 milhões
Estimativa de unidades vendidas dos cinco últimos títulos da série (“GTA” e “GTA 2” não estão inclusos)

 

fonte: http://www1.folha.uol.com.br/tec/2013/09/1345225-controverso-e-polemico-gta-5-quebra-recordes-com-producao-hollywoodiana-leia-impressoes.shtml

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Verifique também

Novo iPhone pode ser lançado dia 13 de outubro, sugerem fontes.

A Apple pode estar próxima de lançar o novo iPhone 12 no dia 13 de outubro. A informação é…