Enquanto a série Call of Duty costuma enfrentar grandes blockbusters todos os anos, naqueles em que há um novo título da série Grand Theft Auto o risco é ainda maior. E se depender de toda a expectativa causada pela próxima criação da Rockstar, é bem provável que a franquia da Activision perca, pela primeira vez em anos, o primeiro lugar da lista de mais vendidos.

Apesar disso, a companhia continua bastante confiante em relação ao desempenho de Call of Duty: Ghosts, próximo título da franquia. Em entrevista ao site CVG, o CEO da companhia, Eric Hirshberg, afirmou que há espaço no mercado para os dois concorrentes.

“Claro que Grand Theft Auto é uma série de sucesso estrondoso. Mas todos os anos eu sou questionado a respeito de nossos concorrentes e sempre enfrentamos títulos icônicos. No entanto, em vez de um duelo de titãs, há espaço para todos.”, explicou Hirshberg.

Ainda de acordo com o executivo, o maior desafio é fazer a série Call of Duty continuar crescendo como franquia. “Eu espero que isso continue, mas como estamos numa época de transição de consoles isso é mais complexo. Apesar disso, acho que Call of Duty nunca foi tão forte. As pessoas estão jogando a série mais do que nunca e nosso conteúdo digital tem tido bastante sucesso”, concluiu.

Call of Duty: Ghosts será lançado para PC, PlayStation 3, Xbox 360 e Nintendo Wii U no dia 5 de novembro. Já as versões para PlayStation 4 e Xbox One chegam ao Brasil no dia 22 de novembro, juntamente com a chegada dos novos consoles às lojas.

Fonte: baixakijogos via  CVG

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Leia também

Activision revela que base ativa de Call of Duty cai para menos de 100 milhões de jogadores

A base de usuários ativos mensais (MAUs) da Activision para Call of Duty caíram para menos…