Xbox_One_Kinect_usadosA Microsoft voltou atrás e o Xbox One, seu videogame de nova geração, não terá mais bloqueio para jogos usados. Além disso, a empresa abandonou a política que obrigava o aparelho a estar sempre conectado na internet ou realizar uma checagem on-line a cada 24 horas.

A empresa divulgou um comunicado no site do Xbox onde confirmou que voltará atrás na decisão (clique aqui para acessar). “O retorno de vocês é muito importante”, disse Don Matrick, presidente de negócios de entretenimento interativo da Microsoft. “Vocês nos mostraram como é importante para os gamers ter flexibilidade com os jogos em disco. A oportunidade de emprestar, trocar e vender estes jogos é de extrema importância para vocês. Também é importante a liberdade para se jogar games off-line por quanto tempo quiserem”.

Ele também anunciou que não haverá travas regionais nos games do Xbox One. Desse modo, jogos comprados na Europa podem funcionar em um console norte-americano e vice-versa.

Vista panorâmica do palco da conferência da Microsoft na E3
Vista panorâmica do palco da conferência da Microsoft na E3

A medida teria sido tomada por conta de que o concorrente PlayStation 4 não terá nenhuma restrição para games usados ou emprestados, e o videogame funcionará sem a necessidade de ter conexão com a internet. Além disso, as restrições da Microsoft com o XOne, que bloqueariam troca e venda de games usados, desagradaram os gamers e, por isso, foram removidas.

O mesmo vale para games por download: após o download ser feito, não é necessário estar conectado na internet para jogá-los.

Havia uma preocupação de que, além do bloqueio, o fato de o PS4 ser US$ 100 mais barato do que o XOne (que custa US$ 500) teria seu lançamento e vendas prejudicados em novembro, previsão de lançamento dos dois consoles.

A conexão on-line do Xbox One será usada apenas uma vez para configurar o console quando ele é configurado pela primeira vez na casa do usuário. Os jogos, tanto digitais quanto em caixa, funcionarão como ocorre no Xbox 360 atualmente, sem a exigência de uma conexão com a internet, ou seja, totalmente off-line.

O Xbox One tem previsão de lançamento para novembro nos Estados Unidos e no Brasil. Lá fora, o videogame será vendido por US$ 500, e, no país, ele custará R$ 2,2 mil.

Fonte: g1.globo

Um comentário

  1. COBRA-A MORTE

    20 de junho de 2013 em 07:44

    Quem tem… tem medo !!!

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Verifique também

TV 8K da Sony ‘ideal para PS5’ chega ao Brasil com 75″ e preço de carro

Modelo já está disponível para comprar no site oficial da marca A Sony começa a vender a n…