Sony_PS-Vita

Essa E3 trouxe uma das maiores decepções para quem aposta no atual portátil da Sony, o Playstation Vita.

Na conferência que revelou o Playstation 4 ao mundo, o Vita mostrou que está perdendo espaço e a Sony parece ter aceitado a derrota no ocidente para seu concorrente direto, o Nintendo 3DS.

Apesar de ter potencial, tanto comercial como em hardware, a máquina parece ser pouco explorada pela Sony e está sendo vista pela empresa como apenas um periférico do seu próximo console de mesa. Junto ao Playstation 4, o Vita se utilizará do recurso cross play que permitirá continuar o game no portátil e também será usado como uma extensão do game visto na tela. Algo parecido com o que ocorre com o GamePad do Wii U. E com isso, espera-se uma alavancada nas vendas.

Apesar de receber bons títulos no Japão e se manter razoavelmente bem, por esses lados, o futuro parece ainda um pouco nebuloso. A Sony anunciou na E3 um novo pacote do console que virá com o jogo The Walking Dead da Telltale Games mais um novo episódio, mostrou Killzone Mercenaries e jogos que receberão um tratamento HD como God of War I & II e Final Fantasy X além de alguns novos títulos que serão lançados pela PSN mas foi apenas isso.

killzone vita Especial   O futuro incerto do Playstation Vita

Na minha opinião, o portátil tinha tudo para emplacar e disputar mercado, mas o descaso que a Sony vem tratando sua própria criação reflete nas baixas vendas e na falta de interesse dos gamers pelos novos jogos, geralmente multiplataformas ou versões de games já vistos nos consoles de mesa. Com praticamente um terço da biblioteca de seu concorrente (se compararmos apenas os jogos vendidos em mídia física) e apesar de bons jogos exclusivos como Uncharted: Golden Abyss e Unit 13, o Vita não decolou e a Sony não demonstra muito esforço para que isso aconteça.

Uncharted VIta 500x281 Especial   O futuro incerto do Playstation Vita

O que o Vita precisa é de bons jogos que se utilizem de todo o seu potencial e suas funcionalidades, como a tela de toque traseira por exemplo, de forma criativa e inovadora, fazendo com que o público-alvo se interesse pela máquina. Apenas remasterizações de títulos e ports já vistos nos consoles de mesa não ajudarão o console a se manter por muito tempo.

Estaria a empresa abandonando aos poucos o portátil e o transformando definitivamente em um periférico do PS4? Ou a má situação que ele passa poderá mudar em breve? Nada disso ainda se tem certeza. Resta acompanhar os próximos passos da Sony em relação ao Vita, mas se eles refletirem apenas o que a E3 nos mostrou então o futuro não será tão brilhante.

Fonte: nosgeeks

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Verifique também

TV 8K da Sony ‘ideal para PS5’ chega ao Brasil com 75″ e preço de carro

Modelo já está disponível para comprar no site oficial da marca A Sony começa a vender a n…