Empresas se reuniram em Londres para tratar do negócio, que não se concretizou pelo preço.

nokia-microsoft

Microsoft e Nokia por pouco não se tornaram uma empresa só. As duas companhias negociaram a aquisição para que a empresa finlandesa se tornasse o braço de produção de dispositivos móveis da gigante de Redmond, mas o negócio acabou não saindo.

Segundo o Wall Street Journal, os dois lados se reuniram em Londres ainda neste mês para discutir o negócio, que não foi concretizado devido ao preço exigido pela Nokia, que estaria fora de cogitação pela Microsoft. As negociações não devem ser retomadas.

O jornal aponta que a empresa utilizaria a verba que tem guardada fora dos Estados Unidos para realizar a aquisição, o que geraria uma grande economia em impostos.

As duas empresas já são grandes parceiras desde 2011. A Nokia é a principal aliada da Microsoft em sua estratégia de difusão do Windows Phone, apesar de o sistema ainda não conseguir competir em fatia de mercado contra iOS e Android.

Recentemente, outros interessados na compra da Nokia também surgiram. O nome da Intel já foi ventilado, mas ainda na terça-feira, 18, representantes da chinesa Huawei confirmaram ter a mente aberta para um possível negócio.

Fonte: olhardigital

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Leia também

Piloto consegue pousar avião partido ao meio em Denver, nos EUA

Um piloto conseguiu uma façanha digna de filmes de ação na última quarta-feira (12). Ainda…