Manifestações pelo Passe Livre ganham apoio de desenvolvedores
Manifestações pelo Passe Livre ganham apoio de desenvolvedores

Um grupo de programadores vai realizar, na terça-feira (18), um hackathon em São Paulo para criar aplicativos que ajudem os ativistas do movimento Passe Livre a mobilizar manifestantes, registrar cenas de violência policial e compartilhar fotos e vídeos na internet.

De acordo com Márcio Santos, um dos desenvolvedores que particiará do hackathon, a divulgação do evento foi muito modesta e, mesmo assim, a adesão de programadores foi muito grande. “Nós temos um espaço projetado para 30 pessoas, mas decidimos aceitar 60 inscrições, o que foi preenchido poucos minutos após postarmos uma imagem divulgando a ideia no Tumblr”, diz Santos.

Segundo Santos, em poucos minutos mais de 150 pessoas tentarem se inscrever. O hackathon ocorrerá numa escola de informática no bairro do Paraíso, na cidade de São Paulo.

Além de mesas, cadeiras e computadores, o espaço conta com link de 240 MB para ser compartilhado pelos hackers. “Consideramos abrir o hackathon para interação online, assim muitas pessoas que não puderam vir até nós poderão colaborar remotamente”, diz Santos.

A reunião de programadores contará com orientação e coaching de especialistas. Para obter informações mais detalhadas, é necessário seguir o Tumblr do movimento HackathonBr.

hackathon2Fonte: info.abril

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Leia também

Dragão, supercomputador da Petrobras com 200 TB de RAM, inicia operações

Petrobras inicia operações de seu novo supercomputador Dragão; máquina será destinada a pr…