Samsung.Galaxy.S4

O mercado de smartphones de primeira linha é cruel… Digo isso porque mesmo se comprarmos o aparelho mais top, é certo que alguns meses depois um mais novo e poderoso será lançado. Ou seja, estar sempre na crista da onda é muito difícil e custoso! Neste momento a bola da vez é o Samsung Galaxy S4, que chega para tomar o posto do iPhone 5, e se tornar o “todo poderoso” do momento. Esmagando a concorrência, o S4 vem, entre outras coisas, com uma impressionante tela de 5 polegadas Full HD, processador de oito núcleos, câmera de 13 megapixels e Android 4.2.2.

Apresentado ontem a noite, em um grande evento em Nova York, o Galaxy S4 chega a 55 países no fim de abril, inclusive no Brasil, onde será vendido por cerca de R$ 2,4 mil. Disponível em preto e branco, terá suporte à conexão 4G LTE para todas as frequências existentes no mundo (um grande diferencial em relação ao iPhobe 5), de acordo com o presidente da divisão móvel da Samsung, JK Shin. “Estamos sempre ouvindo o que as pessoas ao redor do mundo querem, o que elas desejam em seus aparelhos celulares”, disse Shin durante o evento.

PODEROSO: É meio surreal pensarmos em tamanho poder de processamento em um smartphone, mas é exatamente isso que o S4 entrega, um desempenho absurdo, maior até do que o de alguns notebooks mais simples! Com 2 GB de memória RAM, o Galaxy S4 tem duas opções de processadores, dependendo da região onde será vendido. São eles: Snapdragon de 1,9 GHz com quatro núcleos, ou Exynos 5 de 1,6 GHz e oito núcleos, sim você leu isso mesmo, oito núcleos em um smartphone!

Vale lembrar que, apesar da Samsung divulgá-lo como um “octa-core”, apenas quatro núcleos do Exynos 5 podem funcionar simultaneamente. São quatro Cortex-A15, de alto desempenho, e quatro Cortex-A7, ativados quando o smartphone não está executando tarefas pesadas, o que economiza energia.

TELA: A tela do Galaxy S4 é a primeira Full HD Super AMOLED do mundo com definição de 441 pixels por polegada e a novíssima proteção Gorilla Glass 3 (o iPhone 5 vem com o Gorilla Glass 2). Apesar de incluir uma tela maior, a Samsung conseguiu diminuir a espessura do sucessor do Galaxy S III para 7,9 milímetros e o peso para 130 gramas.

A qualidade da tela do S4 chama a atenção, as imagens são claras, vivas e com certeza é o que há de melhor em termos de tecnologia de visores. Com mais pixels por polegada que o iPhone 5, os textos pequenos ficam ainda mais nítidos e fáceis de serem lidos, sem a necessidade de dar zoom.

CÂMERA: A câmera do S4 melhorou em relação ao S3 e iPhone 5. O aparelho vem com duas câmeras, uma traseira de 13 megapixels, e uma frontal de 2 megapixels, ambas com capacidade de filmar em Full HD. Outra novidade é a função “Dual Camera”, que permite fotografar e filmar usando as duas câmeras, frontal e traseira, ao mesmo tempo. Com o Dual Video Call, você pode mostrar a sua cara (com a câmera frontal) e o que está em volta (com a traseira) na mesma chamada de vídeo. Destaque também para o recurso “Sound and Shot”, que grava cinco segundos do áudio ambiente antes de tirar uma foto.

BATERIA: A bateria tem cada vez mais se tornado o “calcanhar de Aquiles” de qualquer smartphone de alto desempenho. A Samsung tem levado este ponto bem a sério, e o Galaxy S4 traz uma bateria intercambiável de 2.600 mAh. O fato de poder trocar a bateria é um ponto positivo, pois o usuário pode comprar um carregador externo e ter sempre uma bateria cheia esperando para ser trocada. Resta agora ver quanto tempo o S4 leva para consumir estes 2.600 mAh…

LTE e WI-FI: O Galaxy S4 suporta 4G LTE de até 100 Mbps, e diferentemente do iPhone 5, suporta todas as freqüências LTE existentes, pois há suporte para até seis bandas diferentes. Sabe aquela discussão sobre o LTE do iPhone 5 funcionando no Brasil…? No Galaxy S4 não existe esta dúvida, ele funciona! Além das tradicionais conexões Wi-Fi 802.11 a/b/g/n, há o novo 802.11ac, que pode ultrapassar 1 Gbps, dependendo do roteador utilizado.

ARMAZENAMENTO: O Galaxy S4 vem em três versões, 16 GB, 32 GB e 64 GB de armazenamento interno, mas para nós brasileiros, assim como aconteceu com o Galaxy S3, a Samsung deve trazer para cá apenas o modelo de 16 GB. Isso não é exatamente um problema, já que o Galaxy S 4 tem slot para cartões microSD de até 64 GB, mas para os mais fanáticos seria interessante ter a possibilidade de ter 64 GB internos e mais 64 GB no cartão, algo impossível no iPhone 5.

UTILIZANDO SEUS OLHOS: Entre os recursos de maior destaque, estão aqueles que usam o movimento dos olhos para controlar diversas funções e conteúdos. O “Smart Pause”, controla a tela por meio do olhar do usuário, ou seja, ao assistir a um vídeo, o usuário consegue pausá-lo simplesmente tirando os olhos da tela. O “Smart Scroll”, permite rolar uma página da web ou um e-mail sem tocar na tela. Para isso, o aparelho reconhece o rosto do usuário olhando para o dispositivo e o movimento do seu pulso.

PARECE MÁGICA: Com o recurso “Air Gesture”, o usuário não precisa tocar na tela para controlar o aparelho, basta mover a mão por cima. De acordo com a Samsung, isso evita deixar a tela cheia de marcas de dedo. Já o “Air View” permite aproximar os dedos da tela, sem tocá-la, para visualizar o conteúdo de um e-mail, por exemplo, sem a necessidade de abri-lo.

S4 é SAÚDE: Com pedômetro e oito sensores, incluindo de movimentos, temperatura e até de umidade, o dispositivo automaticamente detecta o ambiente do usuário e seus níveis de exercício. O recurso “S Health” conta quantos passos o usuário dá por dia e calcula quantas calorias ele perdeu durante o período. Também detecta o quanto o usuário come e dorme, criando dados para que ele possa ter uma vida mais saudável.

PERFEITO PARA VIAGENS: Como vimos, o Galaxy S4 aceita qualquer freqüência LTE, o que permite ter internet extremamente rápida em qualquer lugar do mundo. Outro recurso muito bom para os viajantes, é o “S Translate”, disponível em nove línguas, incluindo o português. O usuário digita o texto em seu idioma e o celular reproduz um áudio em outra língua.

Quem viaja gosta de tirar muitas fotos, certo? Pois bem, outro recurso interessante para viajantes é o“Story Album”, que capta as imagens do usuário feitas em um determinado local e cria um álbum automaticamente, que por meio do recurso HomeSync, quem ficou em casa nas férias pode visualizar as fotos do viajante no PC ou em uma Smart TV da Samsung.

FABRICAÇÃO LOCAL: A Samsung tem o costume de montar os celulares localmente, e com o S4 não será diferente. O diretor de produto afirma que as fábricas de Campinas e Manaus vão sim produzir o aparelho.

Roberto Sobol, diretor de produto da Samsung, confirma a chegada do Galaxy S4 no Brasil para o dia 26 de abril, e conforme citamos no início, os preços devem girar em torno de 2,4 mil reais. “O Brasil faz parte da venda inicial e global do Samsung Galaxy S 4. É um investimento massivo para promover este produto high-end”, informou o executivo.

RESUMO: Da mesma forma que iniciei o post, termino dizendo que é muito difícil acompanhar a evolução dos smartphones atualmente, mal compramos um, e outro melhor já é lançado. Deixando porém esta questão de lado, o Samsung Galaxy S4 vem para esmagar a concorrência sem d ó nem piedade, ele literalmente passa por cima do HTC One e do iPhone 5, ate então considerados os melhores do mercado.

Pergunta do momento: O Galaxy S4 sem dúvida bate a concorrência quando o assunto é hardware, mas será que a experiência final entregue pelo iOS, não supera esta superioridade de hardware? Sem dúvida é algo a se levar em consideração…

O Android tem evoluído bastante, mas alguns problemas como a falta de segurança podem vir a se tornar uma pedra no sapato, tanto do Google, quanto dos fabricantes que utilizam este OS em seus smartphones. E você, o que acha? Qual smartphone pra você atualmente é o melhor do mercado?

Confira abaixo alguns vídeos do Galaxy S4:

 Fonte: techguru

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Leia também

Rede de fibra óptica submarina que liga o Brasil a Europa começa a operar em julho

Obra custou R$ 1 bilhão, tem 6,2 mil quilômetros e permite reduzir em até 50% o tempo de r…