Boa notícia: ninguém mais precisa se envergonhar de ter participado do ‘Harlem Shake’ num momento de fraqueza 

O Centro de Tratamento Shaky Grove é especializado em pacientes que sofrem de uma nova doença social, o PTHSD , ou Post Traumatic ‘Harlem Shake’ Disorder; em português, distúrbio pós-traumático causado pelo ‘Harlem Shake’, a infame dancinha que se tornou viral no início do ano e contagiou milhares de pessoas ao redor do mundo.

O vídeo feito pelo pessoal da SchleppFilmes não economiza no deboche com os entusiasmados dançarinos das incontáveis versões do meme. “Às vezes, na vida, nós tomamos decisões ruins, que nos afetarão pelo resto da vida. Na internet, tudo é para sempre e o que está feito não pode ser desfeito”, diz o narrador do vídeo, antes de acenar com uma “segunda chance” para os atormentados “shakers” arrependidos. “Nós sabemos que você tomou a pior decisão de sua vida, mas podemos ajudá-lo a aceitar isso e recuperar sua dignidade.

HarlemShake

” Deitado num divã, um rapaz desabafa: “Eu quero minha vida de volta!”, enquanto uma jovem admite, como se estivesse numa sessão dos Alcoólicos Anônimos: “Oi. Meu nome é Carrie e eu sou uma sobrevivente do ‘Harlem Shake’.” Muito triste. Só que não.

Se você sofre desse mal (ou quer apenas dar umas risadas), assista ao vídeo (em inglês):

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Verifique também

TV 8K da Sony ‘ideal para PS5’ chega ao Brasil com 75″ e preço de carro

Modelo já está disponível para comprar no site oficial da marca A Sony começa a vender a n…