Bohemia-Interactive

Ivan Buchta e Martin Pezlar, os produtores da Bohemia Interactive que foram presos na Grécia enquanto estavam de férias, sendo acusados de estar a espiar uma base militar para recolher informações para ArmA 3, saíram hoje da prisão.

Os dois produtores, que estiveram presos durante quatro meses, foram libertados sob caução (5000 euros cada um).

Se as acusações se revelassem verdadeiras, ambos poderiam ter que enfrentar 20 anos numa prisão grega. Felizmente, tal não aconteceu e os dois podem agora voltar em paz para a República Checa.

O primeiro ministro da República Checa envolveu-se pessoalmente na libertação dos dois cidadãos checos, tendo enviado uma carta ao primeiro ministro da Grécia a pedir atenção especial ao caso.

Bohemia_Interactive_Greece_spying2

Fonte: eurogamer.pt

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Verifique também

WhatsApp quer permitir que empresas façam vendas direto no aplicativo mais será pago

O produto vai permitir a integração entre WhatsApp, Instagram e Facebook e o gerenciamento…