A Corning vai revelar hoje a mais recente iteração da sua popular linha de telas Gorilla Glass resistentes a riscos e trincados, mas pudemos obter uma prévia para ver como o Gorilla Glass 3 é resistente.

O Gorilla Glass original foi um sucesso imediato quando foi lançado em 2007, e desde então foi implementado em mais de um bilhão de produtos.

O Gorilla Glass 2 reformulado, por sua vez, oferece a mesma proteção do seu antecessor mas usa 20% menos material – evitando pequenos arranhões e cortes, e minimizando a sua visibilidade na tela.

A versão mais recente é a mais resistente que há. O Gorilla Glass 3 possui Resistência Nativa a Riscos, que se contrai e se deforma em vez de rachar e lascar, como outras telas fazem. Assim, os danos ficam 40% menos visíveis, e o vidro tem um aumento de 40% em sua estabilidade estrutural. Isso significa que suas chaves da casa ou moedas no bolso deixarão marcas bem menos visíveis, que não devem se expandir e difundir da próxima vez que você deixar seu smartphone cair.

Na demonstração acima, um representante da Corning nos mostra o que acontece quando você faz uma bola de aço de 175g percorrer 60cm e cair em uma série de vidros de teste, pré-arranhados com diamante industrial usando uma força de 7 N. O teste começa no ponto 2:30. (Desculpe pelo vídeo tremido!)

As duas primeiras placas, feitas de vidro convencional e de vidro reforçado da concorrência (que não foi identificada), trincaram imediatamente após o impacto da bola. Uma placa de alumínio com a mesma espessura do Gorilla Glass 3 claramente sofreu uma deformação. No entanto, a placa final, feita de Gorilla Glass 3, mal sofreu dano visível.

A Corning vai anunciar o Gorilla Glass 3 esta semana, mas a empresa ainda o está preparando para seu lançamento – então não espere encontrá-lo em novos gadgets até o terceiro trimestre.

Fonte: gizmodo via Corning

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Leia também

PCs gamers são banidos de cinco estados dos EUA por consumir muita energia

Os PCs gamers da empresa da empresa Alienware, uma subsidiária da Dell focada em computado…