original

“Estou bem p*** com The War Z”, diz criador de DayZ

por: 

O criador de Dayz, Dean Hall, disse estar bastante chateado com The War Z, o polêmico jogo de zumbis que clonou um monte de elementos do jogo de Hall, incluindo tema, título, conceito e gênero.

Batendo um papo com a galera do Reddit nesta quinta-feira (17), Hall disse que o clone “não tornou a sua vida muito agradável”:

Eu estou com muita raiva de War Z. Estou muito irritado. Estou muito magoado porque qualquer um pode ver o quanto os jogos são semelhantes. E apesar de os jogadores mais ativos saberem a diferença, o público geral não sabe. Eu vi familiares e amigos vindo me confrontar pelo o que eles acreditavam ser um comportamento antiético da minha parte.

Eu realmente não acho que qualquer um pode entender o quão exasperado isso pode fazer você se sentir, quando você apostou tudo em algo, colocando toda sua dedicação e reputação na linha. Por isso, War Z não tornou a minha vida muito agradável e eu discordo totalmente da conduta deles e de como eles tratam seus consumidores.

Eu acho que a palavra “fraude” é uma palavra tão pesada que não é realmente relevante na discussão, assim como a palavra “terrorista” é uma palavra muito pesada e muito dependente de um ponto de vista.

Hall anunciou recentemente que irá começar um beta fechado da versão independente de Dayz em breve.

 

fonte: http://www.kotaku.com.br/hall-dayz-warz-treta/

3 Comentários

  1. Rafael Vieira

    20 de janeiro de 2013 em 21:09

    o povo só saiu do dayz pq tinha mt bug e hacker ‘-‘

    Resposta

    • [COBRA] KAMPAS

      21 de janeiro de 2013 em 07:14

      hehehe….

      e entraram num jogo que SÓ tem bug e hacker….

      Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Leia também

WhatsApp vai te espionar? Confira mudanças que valerão a partir de fevereiro

Pouca coisa muda na prática, já que aplicativos populares como Instagram ou Facebook já co…