venda de alho disparou no oeste da Sérvia após a prefeitura de Bajina Basta declarar que um vampiro está à solta na região.

Tudo aconteceu, de acordo com autoridades, depois que o moinho de água onde o famoso vampiro Sava Savanovic vivia desabou.

De acordo com história local, o cruel Sava atacava o pescoço de todos que se aproximavam do moinho atrás de seus grãos.

A propriedade havia sido comprada pela família Jagodic, que descobriu que o local era uma “mina de ouro” para atrair turistas.
Só que os Jagodic temiam que a reforma no local perturbasse o descanso do vampiro e deixaram a construção intacta.
Como não foi reformado, o moinho acabou ruindo.
Depois disso, espalharam-se em Bajina Basta os rumores de

 que o temido Sava está rondando as florestas locais atrás de vingança. Sede de sangue

Para se previnir, a população fez o preço do alho disparar.

Sava, que viveu no século XVIII, foi tema de muitos romances literários e inspirou o primeiro filme de terror produzido na então Iugoslávia, intitulado “Leptirica” (Borboleta) e rodado em 1973.

[wzslider autoplay=”true” height=”687″ info=”true” lightbox=”true”]

Fonte: oglobo.globo

Um comentário

  1. COBRA_KAMPAS

    3 de dezembro de 2012 em 14:24

    VAI TRABALHAR, KABANNA!

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Verifique também

O machismo no mundo dos Games: Caso de Isadora reabre discussão

Apresentadora foi afastada da Microsft após sofrer ataques machistas na internet O machism…